Marcelo Medeiros conclui 44º Dakar em sexto nos quadriciclos

Em sua quarta participação no maior rally do mundo, a primeira competição fora da América do Sul, o maranhense venceu três das 12 etapas e fecha a cronometragem geral do evento em 72h05min56seg. Na última especial, de 164 km, entre Bisha e Jeddah, em 2h21min55seg, em terceiro.

Jeddah (Arábia Saudita) – Marcelo Medeiros, piloto da Tagracing Team, encerra sua participação no 44° Dakar, ficando no sexto lugar Quadriciclos FIM. Mesmo vencendo três das 12 etapas do evento, e com penalidades aplicaadas por não ter completado a quinta especial, o maranhense finalizou a competição com 72h05min56seg. Nesta sexta-feira, 14, entre Bisha e Jeddah, o titular da Yamaha Raptor 700, #183, completou os 164 quilômetros do trecho cronometrado, entre Bisha e Jeddah, em 2h21min55seg, o terceiro mais rápido do dia.

Na última especial deste Dakar, o percurso foi dominado por pisos de terra firme (73% da prova), intercalados por areões (27%), praticamente sem dunas, e quase sem variação altimétrica. Duas longas rotas, quase em linha reta, intercaladas por caminhos sinuosos no meio do mapa. Foi uma etapa para que os competidores pudessem aproveitar ao máximo uma pilotagem prazerosa e os belos cenários do caminho que levou à costa do Mar Vermelho. O palco para o pódio final foram os penhascos de Jeddah.

Vencedor da penúltima etapa, Medeiros foi o primeiro a partir entre os quadriciclos. Já sabendo da diferença de mais de 22 horas do líder da competição, o francês Alexandre Giraud (que venceu o Dakar), e tendo aproximadamente 2h20 de diferença para o argentino Carlos Verza, o maranhense optou por desacelerar e fazer uma pilotagem segura e conservadora, cruzando a linha de chegada com seu equipamento inteiro e sem problemas.

“Termino este Dakar com o espírito de dever cumprido. Correr aqui na Arábia Saudita foi uma grande experiência, pois meu maior obstáculo era eu mesmo. Não sou acostumado ao clima frio e nem sou tão bom em transpassar terrenos pedregosos e, em algumas das etapas foi o que mais encontrei. Estes 14 dias de provas foram de aprendizado constante e, com certeza, vou aplicar o que vivi aqui nas próximas competições que eu participar. Estou muito mais confiante no meu desempenho. Prova disso é que ganhei três etapas neste Dakar, todas na segunda metade da competição, por isso me sinto um vitorioso”, afirma o maranhense da Tagracing Team, tetracampeão do Sertões.

Durante estas duas primeiras semanas do ano, o piloto da Tagracing Team e seu Yamaha Raptor 700 percorreram um total de 8.404 quilômetros, dos quais 4.129 km foram de especiais cronometradas e o restante divididos entre trechos iniciais e finais de deslocamento. Neste ano, cada trecho do Dakar 2022 contou pontos individualmente para o Mundial de Cross Country da Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

Como preparação para as provas, o piloto Marcelo Medeiros utiliza para treinar as belíssimas paisagens do seu Estado, o Maranhão, que conta com características de piso como dunas, areiões e clima propícios.

Dentro do Dakar, Marcelo Medeiros teve outras três participações, quando a competição aconteceu na América do Sul. Em sua estreia, em 2016, e no ano seguinte, o maranhense não finalizou a prova. Em 2018, ficou em quarto lugar entre os quadriciclos.

“Quero agradecer por poder representar bem Estado do Maranhão, e honrar a confiança que meus patrocinadores depositaram em nossa equipe”, destaca o piloto, que começou a correr aos 11 anos de idade, pilotando um kart e sempre incentivado pela família, disse Medeiros.

Marcelo Medeiros conta com patrocínio da Mardisa / Mercedes-Benz, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Estado do Maranhão, no Dakar 2022.

DAKAR 2022

RESULTADO 12ª ETAPA – QUADRICICLOS FIM

TOP 10 (EXTRA-OFICIAL)

1) #192 Francisco Moreno (ARG), Drag’on Rally Team, 2h14min13seg

2) #175 Kamil Wisniewski (POL), Orlen Team, 2h16min56seg

3) #183 Marcelo Medeiros (BRA), Tagracing Team,  2h21min55seg

4) #185 Zdenek Tuma (CZE), Barth Racing Team, 2h33min37seg

5) #174 Alexandre Giraud (FRA), Yamaha Racing/ Smx Dragon, 2h34min26seg

6) #186 Carlos Alejandro Verza (ARG), Verza Rally Team, 3h07min33seg

7) #182 Nicolas Robledo Serna (COL), Equipo Colombia 4X4, 3h58min13seg

8) #188 Vincent Padrona (FRA), Drag’on Rally Team, não largou

9) #195 Àlex Feliu (ESP), Àlex Feliu Competición, não largou

10) #173 Pablo Copetti (USA), Del Amo Motorsports/ Yamaha Rally Team, não largou

CLASSIFICAÇÃO GERAL (após 12 etapas) – QUADRICICLOS FIM

TOP 10 (EXTRA-OFICIAL)

1) #174 Alexandre Giraud (FRA), Yamaha Racing/ Smx Dragon, 50h00min51seg

2) #192 Francisco Moreno (ARG), Drag’on Rally Team, 52h22min02seg

3) #175 Kamil Wisniewski (POL), Orlen Team, 52h28min16seg

4) #185 Zdenek Tuma (CZE), Barth Racing Team, 58h09min38seg

5) #186 Carlos Alejandro Verza (ARG), Verza Rally Team, 69h44min03seg

6) #183 Marcelo Medeiros, Tagracing Team, 72h05min56seg

7) #182 Nicolas Robledo Serna (COL), Equipo Colombia 4X4, 100h26min41

8) #173 Pablo Copetti (USA), Del Amo Motorsports/ Yamaha Rally Team, 125h30min47seg*

9) #188 Vincent Padrona (FRA), Drag’on Rally Team, 157h04min32seg*

10) #195 Àlex Feliu (ESP), Àlex Feliu Competición, 182h52min41seg*

(*não estão computadas as penalidades do dia)

Fonte resultados – https://live.worldrallyraidchampionship.com/2022/dakar/bisha-jeddah-12/asod/fr/q/2

ROTEIRO DAKAR 2022

PRÓLOGO — Sábado, 1º de janeiro de 2022 

Jeddah > Ha’il

Especial: 19 km

Deslocamento total: 614 km

ETAPA 1 — Domingo, 2 de janeiro de 2022   

Ha’il > Ha’il

Especial: 333 km

Deslocamento total: 514 km

ETAPA 2 — Segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Ha’il > Al Qaisumah

Especial: 338 km

Deslocamento total: 791 km

ETAPA 3 — Terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Al Qaisumah> Al Qaisumah

Especial: 255 km

Deslocamento total: 636 km

ETAPA 4 — Quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Al Qaisumah > Riad

Especial: 465 km

Deslocamento total: 707 km

ETAPA 5 — Quinta-feira, 6 de janeiro de 2022

Riad > Riad

Especial: 346 km

Deslocamento total: 560 km

ETAPA 6 — Sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Riad > Riad

Especial: 404 km

Deslocamento total: 620 km

DESCANSO – Sábado, 8 de janeiro de 2022   

Riad       

ETAPA 7 — Domingo, 9 de janeiro de 2022

Riad > Al Dawadimi

Especial: 402 km

Deslocamento total: 701 km

ETAPA 8 — Segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Al Dawadimi > Wadi Ad Dawasir

Especial: 395 km

Deslocamento total: 830 km

ETAPA 9 — Terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Wadi Ad Dawasir > Wadi Ad Dawasir

Especial: 287 km

Deslocamento total: 491 km

ETAPA 10 — Quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Wadi Ad Dawasir > Bisha

Especial: 375 km

Deslocamento total: 759 km

ETAPA 11 — Quinta-feira, 13 de janeiro de 2022  

Bisha > Bisha

Especial: 346 km

Deslocamento total: 501 km

ETAPA 12 — Sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Bisha > Jeddah

Especial: 164 km

Deslocamento total: 680 km

TOTAL DE ESPECIAIS= 4.129 km

TOTAL GERAL= 8.404 km

Mais informações da equipe:

Instagram e Facebook: @marcelomedeiros10

Assessoria de Comunicação

SiG Comunicação | (11) 99972-6966

Silvana Grezzana Santos / Josi Castro / Luciano Santos

sig@sigcomunicacao.com.br

Créditos: http://sigcomunicacao.com.br/2022/01/14/marcelo-medeiros-conclui-44o-dakar-em-sexto-nos-quadriciclos/

Previous post CBA divulga Regulamento Nacional de Kart 2022 com alterações nas idades de algumas categorias
Next post Alexandre Zwicker, novo presidente da Polo Aquático Brasil, planeja os campeonatos nacionais da Liga