Leonardo Sanchez faz balanço positivo da temporada 2021 na Porsche Cup

Leonardo Sanchez encerrou sua participação na temporada de 2021 da Porsche Cup na decisão da Endurance Series em Interlagos no último sábado. O piloto do carro #15, que se envolveu em um acidente logo no giro inicial da prova fez um balanço do ano e projetou a próxima temporada na Carrera Cup, estreando os carros da nova geração do 911.

Em uma temporada atribulada, principalmente no certame de Endurance, Sanchez destacou o aprendizado e a quilometragem adquirida na Porsche Cup. Citou a importância de ter passado mais um ano nos carros de motor 3.8 litros antes de assumir de vez um dos postos da Carrera Cup.

Sanchez teve seu primeiro contato com os carros da principal categoria da Porsche Cup na abertura da temporada, quando acelerou nos dois certames no Velocitta, o piloto acabou decidindo pela GT3 Cup para adquirir maior experiência com o carro.

Leo encerra a temporada já projetando o ano de 2022 com o “992” e pensa em brigar por títulos na categoria.

O que ele disse:

“Acho que a temporada foi de muito aprendizado aqui na GT3. Tive a opção de subir para a Carrera Cup, mas preferi ganhar ainda mais quilometragem nos 3.8 litros. Tentei ser o mais conservador possível esse ano, estar na pista direto, mas a falta de sorte com alguns acidentes nos prejudicou muito ao longo da temporada.

A Endurance começou com um problema mecânico que já praticamente tirou a chance de título, Goiânia andamos bem, mas a decisão acabou antes mesmo de começar, com um acidente na primeira volta.

Realmente consegui ter um bom pace ao longo do ano todo, andando entre os ponteiros durante toda a temporada. Ano que vem subo para a Carrera Cup, para andar no carro novo e continuar evoluindo dentro da Porsche Cup. Tenho a oportunidade de brigar pelo título e ter bons resultados com um carro novo em uma categoria nova.”

Foto: Luca Bassani

Por: Luis Ferrari

Previous post Zarpelão coloca a mão na taça e em recorde de vitórias na Fórmula Vee
Next post Danillo Ramalho levou D2 Motors ao pódio do Skusa Supernationals 24