Stock Light: Raphael Reis é segundo em Santa Cruz do Sul em prova definida na última volta

Raphael Reis conquistou neste domingo o 2º lugar na Stock Light, na prova 2, em Santa Cruz do Sul (RS). O brasiliense mostrou muita habilidade p

ara escapar dos acidentes da largada, escalar quatro posições e subir pela sexta vez no pódio da categoria em 2021.

No sábado, na corrida 1, Reis cravou a pole position, mas um safety car atrapalhou os planos do piloto da W2 Racing que recebeu a bandeira quadriculada na sétima posição.

Neste domingo, largando do quarto lugar, Reis tomou um toque de um concorrente na curva 1 mas manteve o controle do carro, perdendo algumas posições. Na curva seguinte três carros se envolveram em um acidente, o piloto do carro #77 conseguiu escapar das batidas e ainda sustentar a sexta posição.

O safety car foi acionado, na relargada o piloto da W2 Racing se manteve em uma posição segura e com uma ótima manobra sobre Raphael Teixeira na curva da bota assumiu a 5ª posição.

Duas voltas mais tarde Reis já era o quarto e pressionava os carros que vinham a frente. A corrida seguia sem muitas oportunidades de ultrapassagem.

Faltando menos de cinco minutos para o fim Raphael Reis fez uma manobra espetacular ao colocar seu carro lado a lado com Gabriel Robe por fora na curva 1. O piloto conseguiu tracionar melhor na saída da curva, cruzar a pista para o lado de dentro e assim assumir a 3ª colocação.

Faltando menos de um minuto para término o safety car foi acionado para a retirada de um carro quebrado. A bandeira verde foi dada na última volta e Reis logo assumiu a segunda posição ao superar Pietro Rimbano no miolo do traçado.

Na sequência o brasiliense passou a pressionar o líder Lucas Kohl e, embora fosse mais rápido, não teve espaço para ultrapassar e cruzou a linha de chegada na segunda colocação.

O próximo compromisso de Raphael pela Stock Light acontece no dia 12 de dezembro, em Interlagos, na última etapa do ano.

O que ele disse:

“A corrida hoje não foi fácil, logo no início teve uma grande confusão na largada e embora eu tenha tomado um toque, consegui escapar dos carros que bateram. No decorrer da prova eu tinha um ritmo bom e fui escalando o pelotão. Diante das circunstâncias o segundo lugar foi bom.”

Raphael Reis

Foto: Vinicius Marmo

Por: Luis Ferrari – Guto Mauad

Previous post Stock Car: Ricardo Zonta conquista top5 para Shell em Santa Cruz do Sul
Next post Bissinho Zavatti conquista bicampeonato brasileiro de Rally Baja entre as motos