Mercedes Challenge Saco de pancada, Vinny Azevedo sai frustrado do Velocittà

A quarta etapa do Mercedes-Benz Challenge tinha tudo para ser perfeita para o piloto paraense Vinny Azevedo, só faltou combinar com os demais competidores. Ele chegou ao Velocittà como líder do campeonato e fez a pole da categoria C300. Quando domingo chegou, Vinny liderou parte da primeira prova, rodou na pista molhada e acabou virando alvo de toques que impediram a conclusão da prova 2 e tiraram pontos preciosos na disputa pelo título.

“A frustração maior é por ver que os toques poderiam ter sido evitados, especialmente na corrida 2, mas os adversários preferiram o risco dos acidentes. Infelizmente, perdemos a liderança e o resultado para o campeonato foi péssimo, mesmo com a possibilidade do descarte. Vamos trabalhar para recuperar o carro e buscar os resultados que precisamos”, conta o piloto que tem o apoio da YetGo Mobilidade Urbana, SAM Group, Ong OPA Brasil, RV Imola e ZAZ Produções e Eventos.

Na corrida 1, Vinny Azevedo conseguiu se livrar de um acidente logo na largada, mas acabou caindo para a terceira colocação. A recuperação foi rápido e quando estava colado no líder acabou sofrendo toque de Thaline Chicoski, da categoria CLA. Após rodar na pista, Vinny seguiu na briga por posições e teve outro toque no mesmo setor e conseguiu levar o carro até o final para terminar em terceiro.

Largando de terceiro na corrida 2, Vinny Azevedo assumiu a ponta logo no início da prova. Porém, a chuva chegou e os carros estavam com pneu slick, o que acabou ocasionando muitas saídas de pista. Uma delas, de Vinny Azevedo, que rodou e caiu para a sexta colocação. Mais uma vez, Vinny iniciou a recuperação e quando brigava pela quarta posição sofreu o toque de Alexandre Navarro que ocasionou o acidente mais grave do final de semana, acabando com a corrida do piloto paraense.

A próxima etapa do Mercedes-Benz Challenge está prevista para o dia 6 de novembro, possivelmente no Autódromo de Curitiba.

Classificação Categoria C300
1º – Witold Ramasauskas, 164 pontos
2º – Vinny Azevedo, 145 pontos
3º – Léo Garcia/Marcelo Torrão, 121 pontos
4º – Marcio Giordano/Rodrigo Detilio, 120 pontos
5º – Estéfano Boiko Jr, 109 pontos
6º – Alexandre Navarro, 99 pontos
7º – Orlando Maia/Paulo Baldini, 98 pontos
8º – Rafael Mascarenhas, 70 pontos
9º – Flavio Andrade, 67 pontos
10º – Pablo Marçal, 67 pontos
11º – Nézio Monteiro, 66 pontos
12º – Khayan Ghazzaoui, 64 pontos