Artur Hoff superou campeões brasileiros e o vice-europeu e venceu a 4ª etapa do Brasiliense de Kart

Provas foram disputadas no Kartódromo Brasília Kart no último final de semana

Artur Hoff (Alex Farias)

Quinto colocado no último Campeonato Brasileiro e vencedor da etapa de abertura do Campeonato Brasiliense de Kart, o piloto Artur Hoff (Grupo Sollo | Construtora Construnião) continua mostrando seu talento – e surpreendendo. No último final de semana, no Kartódromo Brasília Kart, ele venceu a 4ª etapa da mais importante competição de kart do Distrito Federal.

Mas não foi uma simples vitória. Artur Hoff, de apenas 12 anos, competiu em um grid que reunia pilotos das categorias Júnior Menor, Júnior, Novatos e Sêniores. E, dentre eles, os campeões brasileiros Rodrigo Piquet, Vinícius Tessaro e Gabriel Koenigkan, o vice-campeão europeu Matheus Ferreira, e Pedro Clerot, líder da Copa São Paulo Light e que vem fazendo bela carreira também na Fórmula Delta.

Depois de realizar bons treinos junto à equipe comandada pelo preparador Miguel Oliveira, Arthur Hoff partiu para a tomada de tempos, quando conquistou o 5º lugar geral, atrás de Piquet, Clerot, Arthur Pavie e Koenigkan.

Na primeira das duas provas disputadas no final de semana, Artur Hoff teve bela atuação e finalizou em segundo na classificação geral, atrás de Pedro Clerot, e em primeiro em sua divisão, a Júnior Menor. Mas o melhor estava por vir.

Repetindo – e até mesmo melhorando – a atuação da prova anterior, Arthur Hoff venceu a segunda bateria na Júnior Menor e na geral, impondo uma vantagem de cerca de 6 segundos sobre o segundo colocado.

Os dois resultados fizeram com que Artur Hoff (Grupo Sollo | Construtora Construnião) subisse no alto do pódio na Júnior Menor. Além disso, em um hipotético pódio geral, o piloto de Brasília também teria sido o dono do degrau mais alto.

“Podemos dizer que o Artur está invicto no Brasiliense, pois ele não disputou a segunda e a terceira etapa e agora venceu a quarta”, disse Renato Hoff, pai de Artur. “Estamos muito felizes por esta vitória, que teve um gostinho muito especial. Vencer pilotos como o Rodrigo Piquet, Pedro Clerot, Gabriel Koenigkan, Vinícius Tessaro e o vice-campeão europeu Matheus Ferreira, que ele tem como ídolos, mostra que o Artur tem talento e que, com o fundamental trabalho do Miguel Oliveira, está no caminho certo”, destacou.

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer