Alberto Otazú tentará terceira vitória

Fábio Cunha (Le Mans e Old Stock) e Hélio Matias (Light) lideram o campeonato extremamente equilibrado

A categoria Le Mans do RKC larga com os karts perfilados em 45 graus (Divulgação)

Mesmo tendo participado de apenas três das seis etapas realizadas, o piloto Alberto Otazú (Cardoso Funilaria e Pintura/Bianchi Automóveis/AVSP/No Fire Services/Rolley Ball/Speed Truck/Imab Metalúrgica/DKR Luvas/Lazy Kart/Concept Kart) vai para a sétima etapa do campeonato do Rotary Kart Club (RKC), que será realizado no Kartódromo de Interlagos (São Paulo/SP) nesta sexta-feira (24/9), com o firme propósito de buscar a sua terceira vitória e quem sabe voltar à liderança da categoria Le Mans.

“Como perdi três etapas por conflito de datas com o campeonato de Pro 500 que disputo, só posso pensar em vitória, senão não adianta nada. Nas três provas que disputei, venci duas e terminei em segundo em outra. Eu quero tentar o bicampeonato e pra isso preciso somar pontuação alta”, avisa Otazú, único piloto entre as três categorias do RKC a repetir vitória neste ano, e que na temporada passada foi campeão em duas categorias.

Na categoria Le Mans, em que os pilotos largam em 45 graus na margem da pista, e tem que realizar uma Joker Lap, até agora foram cinco vencedores diferentes: Alberto Otazú (2), Leonardo Ferreira, Gustavo Pincelli, Fernando Ximenes e Alexandre Porche. Com regularidade, Fábio Cunha lidera com 110 pontos, apenas um de vantagem sobre Ferreira e Fábio PL. No entanto, devido ao equilíbrio da categoria, os nove primeiros (até Otazú) tem condições matemáticas de assumir a ponta da tabela de pontuação nesta etapa.

Na Old Stock, para pilotos com mais de 35 anos de idade, o equilíbrio está apenas no número de vencedores, pois ainda não houve repetição de piloto no lugar mais alto do pódio. Os vencedores até agora foram Miguel Sacramento, Leonardo Ferreira, Rogério Cebola, Gustavo Pincelli, Hilheus Vagner e Fábio Cunha, que lidera a categoria com 132 pontos, 13 de folga sobre o vice-líder Fábio PL. E apenas os quatro primeiros (até Geison Granelli) tem chance matemática de ficar na primeira posição da classificação da categoria nesta etapa.

Finalmente na Light, para pilotos com menos experiência, também foram seis vencedores diferentes: Gustavo Pincelli, Hélio Matias, José Mauro Claudino, Luis Pereira, Caio Terra e Renzo Lima. A liderança entre os estreantes e novatos é de Matias, com 126 pontos, sete de dianteira sobre Renzo Lima e Arthur Martins. Matematicamente, os seis primeiros colocados (até Terra) podem assumir a liderança da tabela de pontos.

A programação na sexta-feira terá início as 20h30, com a prova da Le Mans, seguido da Light (21h) e Old Stock (21h30).

Confira os dez primeiros da Le Mans depois de seis etapas: 1) Fábio Cunha, 110 pontos; 2) Leonardo Ferreira, 109; 3) Fábio PL, 109; 4) Gustavo Pincelli, 108; 5) Fernando Teles, 107; 6) Geison Granelli, 101; 7) Alexandre Porche, 91; 8) Fábio Noronha, 91; 9) Alberto Otazú, 89; 10) Rogério Cebola, 75.

Confira os dez primeiros da Old Stock depois de seis etapas: 1) Fábio Cunha, 132 pontos; 2) Fábio PL, 119; 3) Leonardo Ferreira, 115; 4) Geison Granelli, 113; 5) Hilheus Vagner, 93; 6) Gustavo Pincelli, 92; 7) Miguel Sacramento, 92; 8) Sérgio Compain, 84; 9) Hélio Matias, 79; 10) Fernando Teles, 75.

Confira os dez primeiros da Light depois de seis etapas: 1) Hélio Matias, 126 pontos; 2) Renzo Lima, 119; 3) Arthur Martins, 119; 4) Gustavo Pincelli, 118; 5) José Mauro Claudino, 102; 6) Caio Terra, 100; 7) Rafael Torres, 95; 8) Regys Alves, 85; 9) Luis Henrique Pereira, 84; 10) Edinaldo Santos, 78.

O post Alberto Otazú tentará terceira vitória apareceu primeiro em Revista Podium.