Felipe Drugovich largará na terceira fila em duas provas da 5ª etapa da Fórmula 2 em Monza

Provas serão transmitidas para todo o Brasil pelo Bandsports

Felipe Drugovich (Dutch Photo Agency)

Nesta sexta-feira (10) o lendário Autódromo de Monza, na Itália, foi palco para a definição do grid de largada de duas das três provas da 5ª etapa da Fórmula 2, que novamente tem sua programação sendo realizada em conjunto com a Fórmula 1. E o brasileiro Felipe Drugovich, da equipe inglesa UNI-Virtuosi, garantiu um lugar na terceira fila do grid de largada da primeira Sprint Race e também da Feature Race, a principal corrida de cada rodada da categoria.

Como sempre dividida em duas partes por conta da estratégia das equipes e dos pilotos na utilização dos pneus, a tomada de tempos da última categoria antes da Fórmula 1 foi extremamente equilibrada, com diferenças mínimas entre os primeiros colocados.

Felipe Drugovich conseguiu aproveitar um bom momento em meio ao intenso tráfego nas duas partes da sessão classificatória. Na primeira ele ficou provisoriamente com a quinta posição, cerca de 2 décimos de segundo mais lento que a pole position. E na segunda parte, depois de figurar em 7º, o piloto de Maringá (PR) novamente conseguiu encaixar uma boa volta para encerrar a tomada de tempos na 5ª posição, outra vez a apenas 2 décimos da pole.

De acordo com o regulamento, que prevê grid invertido entre os 10 primeiros na tomada de tempos, Felipe Drugovich largará em 6º na Sprint Race 1, que terá 21 voltas e largada às 3h50 da manhã deste sábado no horário de Brasília. E no domingo, na corrida principal – mais valiosa em termos de pontos e mais longa, com 30 voltas –, o brasileiro largará em 5º.

O grid de largada da Sprint Race 2 será de acordo com a chegada da primeira prova, novamente com a inversão entre os 10 primeiros colocados.

“Foi um dia relativamente bom. O quinto lugar na tomada de tempos foi um bom resultado, pois o carro não tinha o balanço necessário para marcar a pole position”, avaliou Felipe Drugovich. “Consegui extrair o máximo do carro na segunda parte e estou feliz com o resultado, pois vou largar no meio do top 10 nas corridas 1 e 3. O ritmo de corrida hoje no treino pareceu bom, vamos ver amanhã”, finalizou.

Felipe Drugovich tem o apoio de Drugovich Auto Peças, que atua no ramo de peças para caminhões e ônibus; da Jaloto & Drugovich, destaque nacional no segmento de transporte de cargas paletizadas; e da Stilo, fabricante italiana de capacetes.

As três provas da 5ª etapa da Fórmula 2 serão transmitidas ao vivo pelo canal Bandsports para todo o Brasil.

Confira a programação da 5ª etapa da Fórmula 2 (horários de Brasília):
Sábado (11/9)
Sprint Race 1 – 3h50 – 21 voltas
Sprint Race 2 – 9h45 – 21 voltas

Domingo (12/9)
Feature Race – 5h25 – 30 voltas

O resultado da tomada de tempos:
1 Oscar Piastri (AUS) – Prema Racing – 1:32.199
2 Jehan Daruvala (IND) – Carlin – 1:32.240
3 Guanyu Zhou (CHI) – UNI-Virtuosi – 1:32.256
4 Liam Lawson (NZL) – Hitech Grand Prix – 1:32.383
5 Felipe Drugovich (BRA) – UNI-Virtuosi – 1:32.409
6 Ralph Boschung (SUI) – Campos Racing – 1:32.553
7 Theo Pourchaire (FRA) – ART Grand Prix – 1:32.586
8 Dan Ticktum (GBR) – Carlin – 1:32.641
9 Juri Vips (EST) – Hitech Grand Prix – 1:32.675
10 David Beckmann (ALE) – Campos Racing – 1:32.699
11 Lirim Zendeli (ALE) – MP Motorsport – 1:32.885
12 Robert Shwartzmann (RUS) – Prema Racing – 1:32.942
13 Enzo Fittipaldi (BRA) – Charouz Racing System – 1:32.965
14 Marino Sato (JAP) – Trident – 1:33.023
15 Roy Nissany (ISR) – DAMS – 1:33.031
16 Jake Hughes (GBR) – HWA Racelab – 1:33.043
17 Marcus Armstrong (NZL) – DAMS – 1:33.054
18 Bent Viscaal (HOL) – Trident – 1:33.080
19 Christian Lundgaard (DIN) – ART Grand Prix – 1:33.155
20 Richard Verschoor (HOL) – MP Motorsport – 1:33.193
21 Guilherme Samaia (BRA) – Charouz Racing System – 1:33.478
22 Alessio Deledda (ITA) – HWA Racelab – 1:34.194

KG COM Assessoria de Comunicação – Erno Drehmer

Previous post Inscrições abertas para o Simpósio de Segurança do Navegador Amador
Next post Por unanimidade, Rafael Suzuki e Full Time recuperam vitória da 7ª etapa da Stock Car