Curiosidades do Sertões: aliviar-se é questão de desempenho

Pilotos e navegadores do Off Road Rally Team se dividem na opção por usar fraldas descartáveis ou não durante as especiais mais longas do Sertões 2021

Já imaginou como é que pilotos e navegadores do maior rali das Américas fazem para aguentar ficar mais de quatro horas dentro do carro? Alguns competidores colocam as fraldas geriátricas entre os itens de primeira necessidade dentro do Sertões. Dentro da Off Road Rally Team, no Sertões 2021, as opiniões se dividem. Conversamos com alguns dos membros da equipe, que falaram como fazem para atender os “chamados da natureza” no meio de um dia de competições.

O piloto Pedro Prado, piloto do carro #326, diz que usa a fralda no Sertões desde 2017. “Isso me deixa muito mais tranquilo para correr. O cinto do carro é um cinto de cinco pontos, o que demanda mais tempo para tirar e colocar novamente… então a gente acaba ganhando um tempo se não precisar parar e descer do carro”.

Michel Terpins, piloto do carro #322, diz que “usar a fralda é adiantar o inevitável, pois voltaremos a usar uma hora ou outra”, brincou o competidor que também é favorável a não perder tempo com paradas.

Veja também:

Fernando Rosset, piloto do carro #330, já tentou usar nos Sertões anteriores, mas não se adaptou. “Cara, eu não conseguia usar a fralda, eu acabava ficando mais tenso ainda e prejudicava a minha pilotagem. Hoje eu prefiro não usar, me sinto mais à vontade sem”.

Mauro Guedes, piloto do carro #314, é outro que também não consegue usar o artefato. Para ele é “muito mais simples parar quando a vontade aperta aproveitando uma zona de radar, uma troca de pneu ou qualquer outro motivo pelo qual precise parar o carro”.

Amanhã o Sertões pernoita novamente em São Raimundo Nonato, no Piauí, após fazer uma especial em laço, largando e chegando na mesma cidade. Será um dia com um total de 311Km, com a especial ocupando 306Km deste percurso.

Resultados Off Road Rally Team na terceira etapa:
11. 322 MICHEL TERPINS/FABRICIO BIANCHINI (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), 3h13min20s9
12. 314 MAURO GUEDES/EDUARDO BAMPI (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), 3h14min27s2
17. 330 FERNANDO ROSSET/MARCELO HASEYAMA (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), 3h19min09s0
18. 326 PEDRO PRADO FILHO/PATRICK FARKOUH (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), 3h20min59s6

Resultado acumulado dos carros da Off Road Rally Team após a terceira etapa:
10. 314 MAURO GUEDES/EDUARDO BAMPI (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), a 37min40s4 do líder na geral
13. 322 MICHEL TERPINS/FABRICIO BIANCHINI (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), a 57min17s0
18. 326 PEDRO PRADO FILHO/PATRICK FARKOUH (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), a 1h33min07s8
24. 330 FERNANDO ROSSET/MARCELO HASEYAMA (X RALLY RANGER/X RALLY TEAM), a 2h05min28s1

O roteiro do Sertões 2021:

4ª ETAPA: 17 de agosto (terça-feira)
SÃO RAIMUNDO NONATO (PI) – SÃO RAIMUNDO NONATO (PI)
DI: 0 km
TE: 306 km
DF: 5 km
TOTAL: 311 km

5ª ETAPA: 18 de agosto (quarta-feira)
SÃO RAIMUNDO NONATO (PI) – XIQUE XIQUE (BA)
(INÍCIO DA MARATONA)
DI: 11 km
TE: 329 km
DF: 93 km
TOTAL: 433 km

6ª ETAPA: 19 de agosto (quinta-feira)
XIQUE XIQUE (BA) – PETROLINA (PE)
(FIM DA MARATONA)
DI: 0 km
TE: 310 km
DF: 146 km
TOTAL: 456 km

7ª ETAPA: 20 de agosto (sexta-feira)
PETROLINA (PE) – DELMIRO GOUVEIA (AL)
DI: 133 km
TE: 242 km
DF: 60 km
TOTAL: 235 km

8ª ETAPA: 21 de agosto (sábado)
DELMIRO GOUVEIA (AL) – ARAPIRACA (AL)
DI: 7 km
TE: 152 km
DF: 80 km
TOTAL: 235 km

9ª ETAPA: 22 de agosto (domingo)
ARAPIRACA (AL) – TAMANDARÉ (PE)
DI: 190 km
TE: 141 km
DF: 20 km
TOTAL: 351 km

TOTAL GERAL: 3.548 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 2.180 km

Instagram: @offroadrallyteam

Cleber Bernuci/Caio Scafuro
Foto: Doni Castilho/FOTOP

Créditos: RallyBR –

Previous post Sertões: Três dias de competição e X Rally Team segue com três carros no Top-3
Next post Betfair.net celebra a reinvenção do são-paulino Alex Sandro após grave acidente