Alberto Otazú e Rogério Cebola querem virar o jogo do 3º turno da F-4 Akasp

Vencedores do primeiro e segundo turno, Alberto Otazú/Rogério Cebola lideram na pontuação geral

Alberto Otazú (E) e Rogério Cebola (D) lideram o campeonato de F-4 Akasp

Apesar de liderarem a classificação geral do campeonato de F-4 da Associação de Kart Amador de São Paulo (Akasp), a dupla Alberto Otazú/Rogério Cebola (Cardoso Funilaria e Pintura/Bianchi Automóveis/AVSP/No Fire Services/Rolley Ball/Speed Truck/Imab Metalúrgica/Concept Kart) está descontente com os seus resultados no terceiro turno, que os colocam em oitavo na pontuação bruta, mas dividindo a primeira colocação com a antecipação de dois descartes.

“Vencemos o primeiro e segundo turnos, mas neste terceiro torneio intermediário tivemos só uma vitória. Nas outras duas corridas terminamos em 12º e 15º, que iremos descartar, mas isto nos deixa fragilizados, pois não poderemos mais ter maus resultados. Temos que voltar a vencer mais vezes”, observa Alberto Otazú, que vai participar da 14ª etapa da temporada na noite desta quarta-feira (14/7), no Kartódromo Granja Viana (Cotia/SP).

A liderança na tabela de classificação após 13 etapas é de Otazú/Cebola, com 308 pontos, seguidos por Otávio Lotfi, com 255, empatado com Nelson Reple/Igor Mori na vice-liderança. No terceiro turno Heraldo Brasil/Saint Clair são os líderes com 85 pontos, com Otávio Lotfi em segundo com 76, e Alexandre Albino somando 75 na terceira posição. Com o descarte dos dois piores resultados, a liderança desta terceira fase é dividida entre as duplas Brasil/Clair e Otazú/Cebola, com 35 pontos, perseguidos de perto por Lotfi com 33 unidades.

A importância de terminar o turno entre os três primeiros são os pontos de bonificação que são levados para o torneio final, que definirá os campeões da temporada. “Precisamos virar o jogo, e tem que ser a partir desta etapa. Não será fácil, pois largarei da 15ª posição, enquanto que o Saint Clair sairá do nono posto e o Otávio (Lotfi) partirá da oitava colocação. E na frente tem um monte de gente boa também”, explica Otazú. “Como nesta etapa todos correrão com pneus novos, vamos tentar de nos beneficiar disto pra terminar entre os três primeiros desta vez, o que já será muito bom”, planeja Otazú, que venceu seis das 13 provas disputadas até agora.

O certame de F-4 da Akasp é disputado com karts Mega dos próprios pilotos, mas com acertos de chassi fixos, equipados com motor Honda GX 390, de 18 hp, equalizados e sorteados pela MFS Racing.

Pontuação Geral da F-4 Akasp depois de 13 etapas: 1) Alberto Otazú/Rogério Cebola, 308 pontos; 2) Otávio Lotfi, 257; 3) Nelson Reple/Igor Mori, 255; 3) Alexandre Albino, 255; 5) Bruno Biondo/Arnaldo Biondo/Emílio Di Bisceglie, 246; 6) Luiz Reche/André Relvas, 231; 7) Eder Ayres/Giovanni Bondança, 230; 8) Hélio Bianchi/Alberto Otazú, 219; 9) Haroldo Brasil/Saint Clair, 217; 10) Sérgio Gonçalves/Dilson Sucupira, 204.

Pontuação líquida (dois descartes) do terceiro turno da F-4 Akasp depois de três etapas: 1) Alberto Otazú/Rogério Cebola e Heraldo Brasil/Saint Clair, 35 pontos; 3) Otávio Lotfi, 33; 4) Luiz Reche/André Relvas, 32; 5) Sérgio Gonçalves/Dilson Sucupira, 29; 6) Alexandre Albino e Evandro Coltelli/Edson Massaru, 27; 8) Hélio Bianchi/Alberto Otazú e Sandro Ferraris, 23; 10) Eder Ayres/Giovanni Bondança, 20.

Pontuação bruta do terceiro turno da F-4 Akasp depois de três etapas: 1) Heraldo Brasil/Saint Clair, 85 pontos; 2) Otávio Lotfi, 76; 3) Alexandre Albino, 75; 4) Luiz Reche/André Relvas, 72; 5) Hélio Bianchi/Alberto Otazú, 67; 5) Evandro Coltelli/Edson Massaru, 67; 7) Sérgio Gonçalves/Dilson Sucupira, 61; 8) Alberto Otazú/Rogério Cebola, 58; 9) Eder Ayres/Giovanni Bondança, 56; 10) Sandro Ferraris, 54.

Alberto Cesar Otazú tem o apoio de Bianchi Automóveis, Cardoso Funilaria e Pintura, No Fire Services, Rolley Ball, Speed Truck, IMAB Metalúrgica, TS Sports, Autódromo Virtual de São Paulo (AVSP), Concept Kart. O jovem apoia as ações da Associação Cruz Verde, Direção para a Vida e Rotary Club Ponte Estaiada.