Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2021 está confirmada

A 48ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela está confirmada para o período 24 a 31 de julho de 2021, no Yacht Club de Ilhabela (YCI), no litoral norte paulista.

O grande encontro da modalidade terá as principais classes de vela oceânica como a ORC, RGS, Bico de Proa, Clássicos, C30 e HPE25.

O evento também terá regatas virtuais como no ano passado. Informações como início das inscrições e Aviso de Regata serão passadas nos próximos dias pelos canais oficiais da Semana Internacional de Vela de Ilhabela.

As provas organizadas pelo YCI em parceria com a Prefeitura Municipal de Ilhabela atenderão a todos os protocolos de segurança oficiais relacionados ao COVID-19. Uma das novidades para 2021 é a exigência de teste de PCR com 72 horas de antecedência para o credenciamento.

”Não medimos esforços para realizar a 48ª edição da Semana Internacional de Vela de Ilhabela. Vamos içar as velas com responsabilidade redobrada”.

”Vamos trabalhar juntos para garantir a segurança de atletas, organizadores e principalmente dos moradores de Ilhabela”, disse Alex Costa Pereira, comodoro do Yacht Club de Ilhabela.

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela é parceira histórica da Prefeitura Municipal de Ilhabela na realização das regatas, que atraem mais de 100 embarcações de vários tipos e tamanhos, atletas olímpicos, profissionais e principalmente amadores, além de movimentar a economia local nas férias de inverno. Antes do evento, de 16 a 18 de julho, ocorre a Semana de Monotipos, que conta com barcos de classes olímpicas, pan-americanas e da vela jovem.

“A realização deste evento é de suma importância para a nossa cidade, assim como a Semana de Monotipos, que por diversas vezes consagrou diversos campeões nacionais e mundiais, sempre fomentando a náutica em nossa região e município”.

”Estamos confiantes de que realizaremos uma ótima Semana da Vela e de Monotipos” disse Toninho Colucci, prefeito de Ilhabela.

A competição volta a ser disputada no Canal de São Sebastião depois de dois anos. Na temporada passada ocorreu a edição virtual de 2020 com o aplicativo Virtual Regatta e o Talks, série de palestras online sobre o mundo do mar.

Já a última regata presencial foi realizada em 2019 com mais de 120 veleiros de todo o País e nações vizinhas.

O evento em sua versão virtual teve realização do Yacht Club de Ilhabela e organização da Tribu Live Marketing e Full Time Eventos e Turismo. Assessoria de comunicação da On Board Sports.

Depoimentos

Mauro Dottori, diretor de vela do Yacht Club de Ilhabela

”É com muita alegria que confirmamos a Semana Internacional de Vela de Ilhabela de maneira presencial. Vamos seguir com a vela virtual, que foi um sucesso em 2020 e atrai gente de todas as idades. Certamente teremos boas regatas no Canal de São Sebastião, pois todos estão com muita vontade de velejar”.

Harry Finger, secretário de esportes de Ilhabela

“Ilhabela é a capital nacional da Vela e está feliz por poder realizar as regatas de 2021, já que ano passado não foi possível. A 48° edição vai trazer importantes velejadores para a Ilha, inclusive equipes de fora do país. Vamos ter todos os protocolos de saúde, com testagens de velejadores e familiares. No Aviso de Regata terá como regra teste covid-19 para entrar na Ilha”.

Lars Grael, medalhista olímpico e campeão mundial

”É o mais importante evento da vela nacional, sem dúvidas não pela tradição apenas na 48ª edição, mas é uma semana de vela que tornou-se internacional. Teve a marca Rolex e patrocinadores de peso, então conquistar esse título passou a ser motivo de orgulho. Competição que coloca a vela no principal balneário do litoral Brasil, na belíssima Ilhabela, no canal de São Sebastião promovido pela prefeitura, pelo Yacht Club de Ilhabela, com o apoio marcante da Marinha do Brasil”.

”Tem também participação de barcos e velejadores internacionais, medalhistas olímpicos, e campeões mundiais, então é um evento que todos têm como referência, todo mês de julho a Semana de Vela em Ilhabela me dá uma vontade imensa de estar lá”.

Texto: Flávio Perez