Tudo sobre o Brasil Open 2020 de polo aquático

O Brasil Open 2020 realizado entre os dias 18 e 22 de novembro, na Arena ABDA, em Bauru (SP), com organização da PAB – Liga Brasileira de Polo Aquático ganhou avaliação positiva de técnicos, jogadores e dirigentes de clubes. A única competição da modalidade no absoluto ocorrida neste ano seguiu protocolo de saúde completo para garantir a segurança de todos os competidores e staff, seguindo os requerimentos da OMS e das autoridades de saúde pública do Estado de São Paulo.

Foram realizados 38 jogos nas duas categorias, com mais de 200 atletas na piscina da Arena ABDA. O E.C. Pinheiros foi o campeão duas vezes, batendo ABDA no feminino e SESI-SP no masculino.

O objetivo para 2021 é ampliar o número de eventos de polo aquático no País, mas os dirigentes da PAB estão monitorando, assim como todos os brasileiros, a fase de vacinação no estado, que deve ocorrer em janeiro.

”Só tivemos retornos positivos até agora. A estrutura e o esforço que a ABDA fez para conseguir realizar o campeonato junto conosco foi extremamente importante, além de ver os atletas, técnicos e organização se empenharem o máximo para estarem lá e realizarem a competição. Saímos com o dever cumprido e bastante contentes pelos resultados”, comentou Alessandro Moscal Checchinato, presidente da PAB.

A competição reuniu nove equipes masculinas: Tijuca Tênis Clube, Sociedade Hípica de Bauru, Club Athletico Paulistano, ABDA de Bauru, Clube Paineiras do Morumby, Clube de Regatas do Flamengo, E.C. Pinheiros (campeão), Fluminense Football Club e SESI SP.

No feminino foram cinco equipes: E.C. Pinheiros (campeão), ABDA Bauru, Flamengo, SESI-SP e Tijuca Tênis Clube.

———————
Se inscreva no nosso canal do Youtube 🔛 https://www.youtube.com/channel/UCmV2qGK1pzUmtzhrKhv1Vjw/