Honda conquista a 800ª vitória no Mundial de Motovelocidade

Nenhum outro fabricante venceu tanto quanto a Honda no mais importante campeonato dedicado ao esporte motociclístico mundial; Uma história de sucesso inigualável, determinada pela convicção na melhoria das motos do dia a dia por meio da tecnologia desenvolvida em pista    

A vitória em casa de Jaume Masia ao guidão de sua Honda NSF 250RW no Grande Prêmio de Teruel, Espanha, neste domingo (25/10), deu à Honda a espetacular marca de 800 vitórias em Grande Prêmios do Mundial de Motovelocidade. A primeira vez que a Honda venceu uma corrida do Campeonato Mundial de Motovelocidade foi em 23 de abril de 1961, pelas mãos do australiano Tom Philips ao guidão de uma Honda RC143, no Grande Prêmio da Espanha da categoria 125, disputado em Montjuich, Barcelona, etapa de abertura da temporada.

Em 1954, Soichiro Honda, fundador da marca, publicou uma carta em que declarou a intenção participar do principal evento do motociclismo da época, o Tourist Trophy da Ilha de Man – a mais desafiadora corrida do calendário do Mundial de Motovelocidade de então. Seu objetivo era o de realizar um sonho de criança, participar de competições com veículo de minha fabricação e vencer.” Após cinco anos desenvolvendo uma motocicleta de corrida, em 1959 a Honda se tornou a primeira fabricante japonesa a participar de uma etapa do Campeonato Mundial, justamente o TT na Ilha de Man.

No ano seguinte, 1960, a Honda começou a competir regularmente nas categorias 125 e 250cc do Campeonato Mundial e, em 1961, conquistou não apenas sua primeira vitória mas também o título mundial na categoria 125 e também na 250cc. Os excelentes resultados motivaram a Honda a ingressar também nas demais categorias do mundial daquela época, a 50cc, 350cc e 500cc, e em todas elas alcançou vitórias e títulos mundiais até que, ao final da temporada de 1967, decidiu interromper sua participação oficial, acumulando 138 vitórias em Grandes Prêmios.

Em 1979, a Honda voltou ao campeonato mundial na categoria principal, a 500cc. Três anos depois, em 1982, o americano Freddie Spencer venceu o Grande Prêmio da Bélgica com uma Honda NS 500, primeira vitória após um longo hiato de quase 15 anos, conquista esta que determinou a retomada de um domínio que resultou nos títulos mundiais de pilotos e construtores em 1983, e uma progressão de conquistas – vitórias e títulos mundiais em diferentes categorias, como as extintas 125, 250 e 500 cc, até as atuais Moto3 e MotoGP.

A Honda alcançou a 500ª vitória em 2001 através do italiano Valentino Rossi, que com a Honda NSR 500 venceu o Grande Prêmio do Japão. A 600ª vitória veio através do espanhol Dani Pedrosa, com uma Honda NSR 250, no Grande Prêmio da Austrália de 2005. Em 2015, Marc Márquez, com a Honda RC 213V, deu à Honda a vitória de número 700 no Grande Prêmio de Indianápolis, nos EUA. Agora, neste domingo (25/10), Jaume Masia atinge mais um marco com a 800ª vitória, cerca de 66 anos após a famosa declaração de Soichiro Honda.  

Takahiro Hachigo, Presidente, CEO e Diretor Representante da Honda Motor Co. Ltd.: “Estou orgulhoso desta vitória número 800 da Honda no Campeonato Mundial de Motovelocidade. Sou profundamente grato aos fãs da Honda em todo o mundo por suas contribuições e apoio inabalável às atividades de competição da Honda. Gostaria também de agradecer a todos os que nos precederam por sua paixão e dedicação em superar os inúmeros problemas, e nos conduzir de 1959 até onde estamos agora. A Honda vê esse momento como um ponto de referência e continuará lutando pela vitória. Estamos ansiosos pelo seu apoio contínuo”.

800ª Vitória – site comemorativo:
https://global.honda/motorsports/MotoGP/800wins/top-page.html

O caminho para as 800 vitórias no Campeonato Mundial de Motovelocidade

1959 – Primeiro fabricante japonês de motocicletas a competir em um Grande Prêmio, o TT Ilha de Man.
1960 – Honda participa do Campeonato Mundial de Motovelocidadenas categorias 125 e 250cc.
1961 – Primeira vitória: Tom Phillis (Austrália) vence na 125cc a 1ª etapa do Mundial, na Espanha.
1961 – Honda vence os campeonatos de pilotos e construtores nas categorias 125 e 250cc.
1962 – Honda ingressa nas categorias 50cc e 350cc.
1966 – 100ª vitória: Mike Hailwood (Reino Unido) vence a categoria 250cc no GP da Holanda.
1966 – Honda entra na categoria 500cc e ganha títulos de construtores em todas as cinco categorias.
1967 – Honda interrompe sua participação do Campeonato Mundial de Motovelocidade  com 138 vitórias.
1979 – Honda retorna ao Mundial após 11 anos na categoria 500c com a NR 500.
1982 – Freddie Spencer (EUA) vence o GP da Bélgica com a Honda NS 500.
1983 – Freddie Spencer vence o título mundial da categoria 500 com a Honda NS.
1983 – Honda conquista o título mundial de construtores da categoria 500.
1985 – Honda retorna à categoria 250cc com a RS 250RW.
1985 – Freddie Spencer se torna o primeiro piloto campeão das 250cc e 500cc na mesma temporada.
1987 – Honda retorna à categoria 125cc com a RS 125R.
1988 – 200ª vitória: Jim Filice (EUA) vence a categoria 250cc do GP EUA.
1992 – 300ª vitória: Alex Crivillé vence a categoria 500cc do GP da Holanda com a Honda NSR 500.
1994 – Mick Doohan (Austrália) ganha o título mundial de pilotos da 500cc (5 anos consecutivos até 1998).
1996 – 400ª vitória: Haruchika Aoki (Japão) vence com a Honda RS 125 o GP Rio, em Jacarepaguá.
2000 – 500ª vitória: Valentino Rossi (Itália) vence o GP do Japão com a Honda NSR 500.
2002 – A MotoGP (motor 4T 990cc) substitui a categoria 500, Honda apresenta sua RC 211V.
2002 – Valentino Rossi se torna o primeiro campeão mundial da categoria MotoGP com a Honda RC 211V.
2005 – 600ª vitória: Dani Pedrosa (Espanha) vence a 250cc do GP da Austrália com a Honda NSR 250 .
2010 – A Moto2 (motor 4T 600cc) substitui a categoria 250cc. Honda fornece motores até 2018.
2012 – A categoria Moto3 (motor 4T 250cc), substitui a categoria 125cc. Honda apresenta a NSF 250R
2015 – 700ª vitória: Marc Márquez vence o GP da Austrália na MotoGP com Honda RC 213V.
2020 – 800ª vitória: Jaume Masia vence o GP de Teruel, na Espanha, pela classe Moto3 da MotoGP, com a Honda NSF 250RW.

Para mais informações sobre as atividades esportivas da Honda em nível internacional, acesse https://www.hondaproracing.com/

Por favor, navegue até a página para ver este conteúdo.

Leia mais: https://mundopress.com.br/2020/10/25/honda-conquista-a-800a-vitoria-no-mundial-de-motovelocidade/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=honda-conquista-a-800a-vitoria-no-mundial-de-motovelocidade