Copa Joy Chevrolet estreia com vitórias de Ale Peppe e Carlos Dantas

 
 
Disputas aconteceram neste sábado, em Interlagos.
Largada Corrida 1
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
A estreia da Copa Joy Chevrolet não poderia ter sido melhor. O grande calor na capital paulista assistiu a grandes disputas e muito equilíbrio.
 
Na primeira corrida do dia, o pole position Alexandre Peppe largou bem e segurou o ímpeto do adversários que passaram a batalhar por espaço no traçado de Interlagos.
 
Enquanto o ponteiro seguia ditando o ritmo da disputa, os pilotos no meio do pelotão vinham buscando avançar. Edgard Amaral, Jefferson Gomes, Eber Gomes, Carlos Dantas, Ricardo Cardosa, Patrick Callmann e Douglas Carvalho vinham bem próximos uns dos outros, todos de olho em um lugar no primeiro pódio da história da Copa Joy Chevrolet.
 
Com as primeiras voltas completadas, todos passaram a conhecer o equipamento em condições de corrida e foi ai que as disputas começaram aparecer.
 
Thiago Sala, que largou na segunda posição, começou a pressionar Ale Peppe enquanto isso Jefferson e Eber Gomes passaram a batalhar por melhores posicionamentos na pista. Batalhando pela 12° colocação a disputa também estava intensa entre Marcelo Servidone, Gerson Lovato e Carlos Zarlenga.
 
Nas voltas finais Peppe teve muito trabalho para segurar Sala. Amaral conseguiu se consolidar na terceira posição, a mesma que o piloto do carro #27 largou. No final Peppe venceu com Sala em segundo, Amaral em terceiro. Carlos Dantas que cruzou a linha de chegada na sexta colocação ficou com a vitória na categoria Light com Patrick Calmann em segundo lugar e Marcelo Servidone no terceiro posto.
 
Confira a classificação final da primeira corrida da Copa Joy Chevrolet:
 
1° #44 – Alexandre Pepe 12 voltas
 
2° #24 –  Thiago Sala +0.457
 
3° #27 – Edgard Amaral  +12.502
 
4° #15 Jefferson Gomes + 13.895
 
5° #32 Eber Gomes +14.529
 
6° #33 Carlos Dantas +17.378*
 
7° #17 Ricardo Cardosa +17.697
 
8° #8 Patrick Callmann +18.420
 
9° #50 Douglas Carvalho +19.685
 
10° #5 Denias Marcolin +36.389
 
11° #74 A.Seda/Francisco Jr. +39.067
 
12° #23 Marcelo Servidone +42.719
 
13° #86 Gerson Lovato +43.229
 
14° #974 Carlos Zarlenga +59.008
 
15° #3 Allan Saleh +1:19.869
 
16° #11 Carlos Richter +1 volta
 
17° #1- Benedicto França +7 voltas
 
18° #73 Konrad Viehmann +11 voltas
 
*Vencedor na categoria Light.
 
Corrida 2
 
Para a segunda disputa foram invertidas as sete primeiras posições no grid e com isso Ricardo Cardosa iniciou a corrida na posição de honra com Carlos Dantas ao seu lado. 
 
Logo na largada, todos se mostraram animados e com isso a busca pelo melhor posicionamento no traçado de Interlagos. Thiago Sala que partiu do sexto lugar mostrou força e começou a ganhar posições enquanto isso Eber Gomes já despontava entre os primeiros colocados.
 
Sala passou a ter um bom desempenho e não demorou a assumir a liderança da disputa. Ale Peppe também começou a ganhar terreno na disputa. Diferentemente da corrida anterior, aconteceram alguns toques na pista e em um desses toques, Sala acabou por acertar Amaral. A direção de prova considerou o carro #24 de Sala culpado pelo toque e o penalizou com o acréscimo de 20 segundo no tempo final da disputa.
 
Peppe que não tinha nada que haver com a punição deixou Eber Gomes para trás e assumiu o segundo lugar. Carlos Dantas e Edgard Amaral vinha seguindo de perto os ponteiros da disputa.
 
No final, Thiago Sala cruzou a linha de chegada em primeiro lugar, mas ficou com o 10° lugar na classificação final com a penalização acrescida. A vitória ficou com Alexandre Peppe, Eber Gomes em segundo lugar e Edgard Amaral ficou com o terceiro lugar. Carlos Dantas que ficou com o quarto lugar na classificação geral venceu na categoria Light. Konrad Viehmann ficou em segundo e Patrick Callmann fechou o pódio da categoria Light em terceiro lugar.
 
Confira a classificação da segunda corrida da Copa Joy Chevrolet.
 
1° #44  Alexandre Pepe 12 voltas
 
2° #32 Eber Gomes +4.037
 
3° #27 Edgard Amaral +4.314
 
4° #33 Carlos Dantas +4.791*
 
5° #73 Konrad Viehmann +6.560
 
6° #50 Douglas Carvalho +10.852
 
7° #74  A.Seda/Francisco Jr. +11.830
 
8° #8 Patrick Callmann +11.963
 
9° #17 Ricardo Cardosa +12.161
 
10° #24 Thiago Sala +19.454
 
11° #5 Denis Marcolin +22.211
 
12° #974 Carlos Zarlenga +29.146
 
13° #86 Gerson Lovato +29.657
 
14° #23 Marcelo Servido +33.651
 
15° #3 Allan Saleh +55.244
 
16° #11 Carlos Richter + 1:29.418
 
17° #10 Benedicto França +1:39.921
 
18° #15 Jefferson Gomes +4 voltas.
 
*Vencedor na categoria Light.
 
O que os pilotos disseram:
 
“Esse final de semana foi mais do que perfeito. O meu objetivo era a pole e a vitória na primeira disputa e a segunda corrida seria o que teria que ser.  Graças a Deus consegui vencer também a segunda corrida. Cruzei a linha de chegada na segunda colocação mas o Thiago (Sala) acabou punido por um toque. O final de semana foi muito melhor do que eu esperava”, afirmou Ale Peppe, vencedor das duas corridas na categoria geral.
 
“Muito obrigado para a equipe Alpie que fizeram um trabalho incrível com todos os mecânicos que deixaram os carros super equalizados e isso proporcionou essa briga imensa que tivemos nas duas provas. Na primeira corrida eu e o (Alexandre) Peppe conseguimos nos desgarrar um pouco do pelotão e travamos uma grande batalha  no final da disputa. Ele estava muito rápido e impossível de pega-lo. Nós brigamos e tentamos mas, o Peppe conseguiu fechar bem os espaços. Fiquei muito feliz com a segunda colocação na primeira corrida. Nesta segunda disputa eu ganhei mas não levei. Acabei punido com 20 segundos e com isso caí para o 10° lugar no geral, sétimo na minha categoria. Fui falar com os comissários ao lado do Edgard (Amaral), com quem tive o toque e eles ficaram de revisar e quem sabe eu consiga reaver a primeira colocação. O que realmente importa foi a diversão e igualdades de condições para todos e isso faz com que o piloto se sinta muito melhor”, afirmou Thiago Sala, segundo colocado na primeira corrida.
 
“Antes de mais nada gostaria de agradecer a família Alpie pelo convite para disputar a Copa Joy Chevrolet. O carro é novo para todos, o sistema de classificação é novo então quem conseguir se adaptar melhor e mais rápido vai levar vantagem. Larguei de quinto e terminei em quinto na primeira bateria onde consegui aprender muito. Na segunda corrida consegui ser mais agressivo e terminei em segundo lugar. Cheguei a liderar  umas duas voltas mas, o pelotão que vinha de trás estava muito forte e espero que na próxima consigamos repetir os bons resultados”, afirmou Eber Gomes, segundo colocado na segunda corrida.
 
“Foi uma satisfação muito grande ter participado deste evento. Os carros são todos iguais, a disputa esta muito boa porque o nível dos pilotos que estão andando é muito bom. Ale Peppe, Thiago Sala, os irmão Gomes estão andando muito bem. Conquistei dois terceiros lugares, acho que foi muito bom para o primeiro retorno após dois anos afastado, agora é trabalhar para se acertar com o carro para a próxima disputa”, disse Edgard Amaral, terceiro lugar nas duas disputas deste final de semana.
 
“Estou deixando Interlagos com a sensação de dever cumprido e ao mesmo tempo com o gosto de quero mais. Consegui andar entre os ponteiros da disputa e chegar bem e agora estou ansioso para a próxima etapa. As disputas foram muito difíceis especialmente nas freadas em virtude do calor”, afirmou Carlos Dantas, vencedor das duas disputas na categoria Light.
 
A próxima etapa da Copa Joy Chevrolet  que conta com o apoio da Chevrolet, Goodyear, YPF Lubrificantes, Hiper Freios, Pro Tune, Impacto Amortecedores, BR7 Marketing  e Portal High Speed Brazil acontecerá nos dias 23, 24 e 25 de outubro, em Interlagos, São Paulo.
 
Foto: Claudio Kolodziej
 
Por: Matheus Furlan – High Speed Brazil