Equipe Honda Racing chega à metade do Enduro da Independência 2020

Dário Júlio (categoria Brasil) e Bárbara Neves (Feminina) seguem na liderança, enquanto Tunico Maciel está em segundo lugar na disputa da Elite

Itajubá (MG) – O 38º Enduro da Independência chegou à metade neste sábado (5/9). A segunda etapa da prova teve roteiro de 237 quilômetros e mais de oito horas de desafios entre Socorro (SP) e Itajubá (MG). O piloto mineiro Dário Júlio e a goiana Bárbara Neves, da Honda Racing, seguem na liderança das categorias Brasil e Feminina, respectivamente. Eles utilizam a motocicleta CRF 250F, de fabricação nacional. Na categoria Elite, Tunico Maciel segue firme na disputa e ocupa o segundo lugar da tabela com a CRF 250RX. Neste domingo (6/9), a penúltima etapa do Enduro da Independência tem destino a Caxambu (MG) e o roteiro inclui 158 km.  

Para Bárbara Neves, há os dois lados de chegar na metade da prova. “Estou feliz por ter conseguido chegar até aqui, mas ao mesmo tempo fico triste em pensar que só haverá mais dois dias de prova no Enduro da Independência, que é um evento muito esperado por todos. A segunda etapa teve mais de oito horas de duração, mais uma vez o visual foi fantástico. Vamos ver o que a organização preparou para esses dois últimos dias”, diz a piloto e embaixadora do evento. Ela é bicampeã da classe Feminina.  

O experiente Dário Júlio tem como objetivo conquistar o sétimo título do Enduro da Independência de sua carreira. “Poderia ter rendido mais hoje, andei perto dos últimos pilotos da categoria Over 40 o dia todo e essa situação atrapalhou demais o meu desempenho. Sigo na liderança da Brasil e espero manter a posição até o final”, afirma.

Após vencer a primeira etapa pela Elite, Tunico Maciel ocupa o segundo lugar na disputa pelo título da categoria. “Foi uma etapa cansativa por conta do tempo de duração, mas sem pontos difíceis de transpor. Eu abri a prova e encontrei dificuldades na navegação. Continuo na briga e vou para cima nos próximos dias, acelerar o que for preciso e com muita raça”, conclui Maciel.  

Patrocinado pela Honda, o 38º Enduro da Independência inclui 635 quilômetros de roteiro, percorridos em quatro dias na região da Serra da Mantiqueira. A cidade de Caxambu (MG) será o local da chegada na próxima segunda-feira (7/9), Dia da Independência do Brasil. O evento é fechado ao público, devido à pandemia de coronavírus.

A equipe Honda Racing de Enduro de Regularidade é patrocinada por Pro Honda, ASW, Michelin, DID, Alpinestars e Seguros Honda.

38º Enduro da Independência
Socorro (SP) a Caxambu (MG)

Ranking após duas etapas

Categoria Elite
1º – #6 – Emerson Loth “Bombadinho” – 94 pontos
2º – #11 – Tunico Maciel – 85 – Honda CRF 250RX
3º – #7 – Guilherme Trancoso Carvalho – 76

Categoria Brasil
1º – #35 – Dário Júlio – 97 pontos – Honda CRF 250F
2º – #34 – Felipe Arantes – 91
3º – #33 – Alan Muniz – 60

Categoria Feminina
1º – #173 – Bárbara Neves – 100 pontos – Honda CRF 250F

Programação*

6/9 – domingo
3º dia – Itajubá (MG) a Caxambu (MG) – 158 km
7h – Largada do primeiro piloto – Kartódromo de Itajubá (MG)
12h – Chegada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
19h – Resumo do dia e briefing

7/9 – segunda-feira
4º dia – Caxambu (MG) – 123 km
7h – Largada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
13h – Chegada do primeiro piloto – Centro de Convenções de Caxambu (MG)
18h – Premiação – Parque da Cidade – Centro de Convenções de Caxambu (MG)

Total da prova: 635 km

* A programação é fornecida pela organização do evento e está sujeita a alterações.