O que você precisa saber sobre a etapa de Goiânia

Confira tudo o que você precisa saber para acompanhar a terceira e quarta etapas da temporada, que acontece nos dias 15 e 16 de agosto no Autódromo de Goiânia (GO), que terá a realização de duas etapas em uma.

PRINCIPAIS ASSUNTOS

– Será a primeira vez desde a criação da categoria, em 2017, que serão disputadas duas etapas e quatro corridas em dois dias na Copa Truck.

– Cada etapa será composta por duas corridas de 20 minutos e todo o procedimento de classificação e corrida será realizada no mesmo dia.

– O sábado terá dois treinos livres, a tomada de tempos e duas corridas; já o domingo terá uma nova classificação e outras duas corridas. A sexta-feira conta apenas com um Treino Livre. A programação completa pode ser vista em nosso site.

– Ao invés da parada no grid, para organização de inversão dos oito primeiros de acordo com o regulamento visando a segunda corrida, o procedimento será realizado com uma intervenção do safety car ao final da primeira prova, com o objetivo de proporcionar uma ventilação mais adequada de motor e freios, uma vez que as características do Autódromo de Goiânia levam os Brutos ao limite.

– Os pódios serão realizados ao final das duas corridas e receberão a pontuação prevista no regulamento desportivo, definindo o segundo campeão e mais três classificados para a prova final.

– Será definido mais um campeão, mais nomes classificados e pontos relativos à Grande Final, juntando-se a Beto Monteiro (12 pts), Wellington Cirino (10) e André Marques (8). Então todos começam o sábado zerado. Os três primeiros na tabela de pontos ao fim do domingo ganham 12, 10 e 8 pontos, além da classificação para a final. Se ele já tiver sido classificado (exemplo: Beto Monteiro é o terceiro), ele “ganha novamente” a vaga e computa os pontos obtidos para o ranking da grande final.

– Assim como em Cascavel, será cumprido um rígido protocolo de conduta, com portões fechados, limite de pessoas dentro dos boxes, obrigatoriedade de exame RT-PCR negativo e uso mandatório de máscara, escudo facial e álcool em gel o tempo todo, além de outros procedimento de sanitização e higiene da área dos boxes.

SOBRE GOIÂNIA

– Palco da primeira corrida da história da Copa Truck, em 2017.

– Etapas disputadas no circuito: 6

– Maiores vencedores: Beto Monteiro, 3; Danilo Dirani, 2; Roberval Andrade, 1

– Maiores poles: Roberval Andrade (2017), Wellington Cirino (2018) e Felipe Giaffone (2019), ambos com 1.

– Poles no grid invertido: Luiz Lopes (2017), Witold Ramasauskas (2018) e Rogério Castro (2019), com 1.

– Melhor volta em corrida: 1:49;308, Danilo Dirani, Corrida 2 de 2018.

 Recorde de volta em treino: 1:46.931, Wellington Cirino, TL3 de 2018.

– Vencedores por etapa: 2017: Roberval Andrade e Beto Monteiro; 2018: Danilo Dirani nas duas; 2019: Beto Monteiro nas duas.

NOVIDADES NO GRID

– Valdir Benavides, o Hisgué, faz sua estreia na Copa Truck com o terceiro caminhão da Usual Iveco Racing, sendo parceiro de Felipe Giaffone e Djalma Pivetta.

– A equipe PP Motorsport, que não participou da etapa de Cascavel, estará presente com três caminhões, de Pedro Paulo Fernandes, Alexandre Navarro, Daniel Kelemen. Danilo Dirani, o quarto piloto do time, não participa desta etapa por conta de compromissos profissionais.

– A equipe Bruto Motorsport retorna ao grid com o estreante Ricardo Alvarez, da Old Stock Race, no único Scania do grid.

– A equipe JL Competições terá o estreante Glauco Barros, da Old Stock Race, no lugar de Leandro Totti, que não irá por conta de compromissos particulares.

– Wellington Cirino estreia novo layout com o caminhão verde da AM Motorsport.

– Régis Boessio não competirá por conta de compromissos particulares.

– Renato Martins não competirá por problemas de saúde. Ele passou por uma cirurgia para a “retirada” de um abcesso cerebral, causado por uma sinusite aguda, e se recupera bem.

– Teremos cinco marcas na pista: Mercedes-Benz, Iveco, Volkswagen, Scania e Volvo, além de três prótótipos.

– Total de caminhões no grid: 20

LISTA DE INSCRITOS COMPLETA

#2 – Valmir Benavides (Iveco/Usual Racing)
#4 – Felipe Giaffone (Iveco/Usual Racing)
#3 – Ricardo Alvarez (Scania/Bruto Motorsports)
#5 – Adalberto Jardim (Protótipo/AJ5 Eco Sport)
#6 – Wellington Cirino (Mercedes/AM Motorsport)
#7 – Débora Rodrigues (Mercedes/AM Motorsport)
#15 – Roberval Andrade (Mercedes/RVR Motorsport)
#21 – Djalma Pivetta (Iveco/Usual Racing)
#27 – Fábio Fogaça (Protótipo/FF Motorsport)
#29 – Pedro Paulo Fernandes (Mercedes/PP Motorsport)
#31 – Glauco Barros (Volvo/JL Competições)
#37 – Raphael Teixeira (Protótipo/FF Motorsport)
#45 – Daniel Kelemen (Mercedes/PP Motorsport)
#54 – Rafael Lopes (Volkswagen/R9 Competições)
#55 – Paulo Salustiano (Volkswagen/R9 Competições)
#64 – Evandro Camargo (Mercedes/ADF Motorsport)
#77 – André Marques (Mercedes/AM Motorsport)
#81 – Jô Augusto (Volkswagen/R9 Competições)
#88 – Beto Monteiro (Volkswagen/R9 Competições)
#909 – Alexandre Navarro (Mercedes/PP Motorsport)

COMO TERMINOU A COPA CASCAVEL

  1. Beto Monteiro, 38
  2. Wellington Cirino, 38
  3. André Marques, 36
  4. Roberval Andrade, 35
  5. Débora Rodrigues, 28
  6. Renato Martins, 23
  7. Valdeno Brito, 20
  8. Rafael Lopes, 15
  9. Felipe Giaffone, 13
  10. Adalberto Jardim, 13
  11. Jô Augusto, 12
  12. Felipe Tozzo, 11
  13. Regis Boessio, 10
  14. Djalma Pivetta, 10
  15. Raphael Teixeira, 9
  16. Evandro Camargo, 8

Fábio Fogaça, Leandro Totti, Paulo Salustiano e Luiz Lopes não pontuaram.

CLASSIFICAÇÃO DAS MONTADORAS

  1. Mercedes-Benz, 80
  2. Volkswagen/MAN, 65
  3. Iveco, 23
  4. Volvo, 10

PROGRAMAÇÃO COMPLETA DO FIM DE SEMANA

Sexta-feira, 14 de agosto
16h10: Treino Livre 1

Sábado, 15 de agosto
08h25: Treino Livre 2
10h00: Treino Livre 3
12h30: Classificação
13h05: Top Qualifying
16h23: Corrida 1
16h50: Corrida 2

Domingo, 16 de agosto
09h00: Classificação
13h00: Desfile Virtual
14h08: Corrida 3
14h35: Corrida 4