MOTOGP: Definido o total de pessoas nas equipes

A Dorna tem estado muito ocupada em reuniões com as várias entidades, entre outros assuntos, a definição das condições de regresso da MotoGP, que neste momento vão incluir corridas sem público, sem jornalistas, nem convidados e um número relativamente reduzido do pessoal de trabalho.

Para recomeçar, as equipes de fábrica concordaram em levar apenas 12 membros nas classes Moto3 e Moto2. Na MotoGP, as cinco equipes oficiais podem levar até 40 pessoas para o paddock, as equipes privadas 25 cada.

Isto, mesmo assim, resulta em cerca de 720 pessoas, a maioria das quais têm de passar num teste SarsCoV2 antes da viagem e depois à chegada ao circuito. Além disso, a temperatura será medida todas as manhãs na entrada do paddock. Todas as pessoas que forem positivamente testadas serão imediatamente isoladas e substituídas o mais rapidamente possível.

Com este pessoal das equipas juntam-se o essencial da organização, que deverá totalizar um pouco mais de 1000 pessoas.

A Red Bull KTM já anunciou que está trabalhando com uma equipe reduzida com Pol Espargaró e, assim, preparada para qualquer emergência.


FONTE: MOTOSPORT

LEIA MAIS:  VÍDEO: Marc Márquez será operado em dezembro