Silk Way Rally 2020 cancelado

Seguindo as recomendações do Ministério do Esporte da Rússia e da Federação Automotiva da Rússia, o Vice-Primeiro Ministro da Federação da Rússia, em conjunto com os organizadores da corrida do Silk Way Rally, tomou a decisão de cancelar o evento deste ano.

Famoso por seu trajeto épico de Moscou a Kazan, o Silk Way Rally 2020 estava programado para oito etapas de 2 a 11 de julho e originalmente seria a terceira rodada do Campeonato Mundial de Ralis Cross-Country FIM 2020. Após as rodadas um e dois serem canceladas, parecia que a Rússia poderia se tornar o ponto de partida para o campeonato, mas isso foi prejudicado.

Os organizadores da corrida dizem que tomaram uma decisão após um estudo aprofundado da atual pandemia e, especificamente, a situação das viagens para competidores internacionais após consultas com todas as autoridades envolvidas.

Apesar da preparação já realizada pelas equipes da organização, elas ainda são confrontadas com incertezas quanto à passagem de fronteiras, restrições de tráfego aéreo e outras medidas de quarentena ainda em vigor na Rússia para cidadãos estrangeiros.

“Fizemos um trabalho notável, mas essa decisão deve ser aceita e compreendida. Temos uma abordagem responsável e hoje a saúde é a prioridade absoluta.” – disse Vladimir Chagin. “A situação mundial ainda é muito sensível e temos que lidar com medidas de quarentena na maior parte da Rússia. Com essas incertezas, não podemos terminar o trabalho de preparação e depois organizar o evento. Na próxima semana, aproveitaremos esse intervalo forçado para iniciar, com o maior entusiasmo de sempre, a organização da próxima edição, que será a mais emocionante de todas”.

Sam Sunderland foi vitorioso no evento de 2019 a caminho de vencer o Campeonato Mundial de Ralis FIM Cross-Country. O comitê de organização da corrida já está fazendo planos para começar a trabalhar na edição de 2021.

LEIA MAIS:  RN 1500 tem 20ª edição confirmada para abril; inscrições estão abertas
Close