Ello MotorSports conquistou o quarto lugar no Sertões Series Rota Sul

A dupla Salvio da Costa Júnior e o navegador Eduardo Alexandre da Silva subiu ao pódio da categoria Production T2, em uma competição que inovou e trouxe longas retas para pilotos e navegadores abusarem da alta velocidade

Com largada da Praia do Cassino, na cidade de Pelota (RS), enfim, o rali Rota Sul voltou ao cenário do cross-country nacional. Realizado nos dias 06 e 07 de dezembro, em um roteiro de 1.100 quilômetros entre Pelotas e Porto Alegre, a prova valeu pela última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country e do Sertões Series, e colocou nas trilhas 65 veículos entre motos, UTVs e carros. O roteiro completo passou pelos municípios de Santa Vitória do Palmar, Rio Grande, São José do Norte, Tavares, Mostardas, Capivari do Sul e Palmares do Sul. 

Organizado pela Dunas Race, o Sertões Series Rota Sul teve um retorno em grande estilo e com algumas novidades, entre elas, a largada simultânea, formada por grupos de quatro ou cinco veículos (diferente do tradicional, uma vez que no rali, os competidores largam individualmente, de dois em dois minutos). 

“Isso foi uma inovação muito interessante e que nos deixou entusiasmados. Claro, que isso só foi possível mediante ao lugar, pois os primeiros 157 quilômetros da especial do primeiro dia, foi em uma reta na beira da praia, com uma faixa de areia bem larga. E foi uma delícia, pudemos pisar fundo no acelerador, exigindo o máximo do motor”, disse o piloto Salvio da Costa Júnior, que compete ao lado do navegador Eduardo Alexandre da Silva, e juntos formam a Ello MotorSports. A dupla disputou o Rota Sul a bordo de um Mitsubishi ASX, pela categoria Production T2. “Andamos muito parelho aos nossos concorrentes, e a competitividade foi de alto nível, com diferenças de tempo de aproximadamente dez segundos”, completou. 

Do roteiro completo, 725 quilômetros foram de trechos navegados, com a maior parte em trechos de alta velocidade, porém, houve setores mais travados e com muitas curvas. Com piso predominantemente de areia, a competição também exigiu bastante concentração dos navegadores. No segundo dia de evento, foi necessária uma travessia de balsa que ligou o mar e a Lagoa dos Patos. A chegada aconteceu no Anfiteatro Pôr do Sul, na Praia de Belas, na capital gaúcha. “Estamos satisfeitos com o nosso resultado. Enfrentamos alguns contratempos mecânicos e superamos alguns limites. Participar de provas como essa, é uma experiência única”, declarou o piloto. 

Chico Brasil 

Além da competição, a Ello MotorSports desenvolve um trabalho social e tecnológico. Ao mesmo tempo que acelera dentro das trilhas, uma outra equipe segue em paralelo visitando as comunidades próximas a realização do rali, para entender as necessidades tecnológicas que seus moradores possuem e agregar o melhor das grandes capitais com o interior do Brasil. 

Nesta oportunidade no Rota Sul, a ação foi simplificada e o objetivo foi apenas acompanhar o time do SAS – Saúde e Alegria no Sertões, e aprender com eles. “Estreitamos o nosso relacionamento com o SAS, formalizamos alguns projetos e estabelecemos metas”, contou responsável pela gestão e operação da Chico Brasil e gerente da Chico Hight Intelligence (principal parceira da Ello neste projeto), Douglas Leite. 

Patrocinador: Ello Soluções e Tecnologia

Apoiadores: A. I. Chico, Breng, IEAv, Alpha Lúmen, Parque Tecnológico São José dos Campos, Agro Tic Vale, Fair Trade, Costas 5588, Sertões, Café Othello, R.V. Assessoria, Grupo Mais Saúde, Sálvio Costa Advogados, Rancho Dom

Parceiro: SAS – Saúde e Alegria no Sertões

Preparação dos carros: Equipe Faster

Close