Felipe Drugovich fechou primeiro dia de testes coletivos do Fórmula 3 FIA na liderança em Barcelona

Campeonato de Fórmula 3 FIA terá etapa de abertura dentro de um mês, também em Barcelona

Campeão do Eurofórmula 3 Open no ano passado, com 14 vitórias em 16 corridas, o brasileiro Felipe Drugovich começou muito bem a segunda série de testes coletivos de sua nova categoria, a Fórmula 3 FIA. Alçado a condição de campeonato mundial pela entidade máxima do automobilismo no planeta, a Fórmula 3 FIA reúne 30 pilotos do mundo todo e as melhores equipes da categoria.

Brasileiro foi rápido com pista seca e com pista molhada em Barcelona

Depois de participarem com destaque da primeira sessão de treinos coletivos no final de março em Paul Ricard, na França, Felipe Drugovich e sua equipe Carlin Buzz Racing trabalharam de forma muito positiva nesta terça-feira (9) no Circuit de Barcelona-Catalunya, na Espanha, que receberá a etapa de abertura do Campeonato de Fórmula 3 FIA daqui a pouco mais de um mês.

No primeiro treino, realizado pela manhã com pista seca, Felipe Drugovich saiu para a pista para duas voltas de instalação e checagem com pneus novos. “Cheguei a estar em primeiro no início, mas depois outros pilotos também saíram com pneus novos e foram crescendo e fiquei em 5º ou 6º”, relembra Felipe. “Depois, ao longo das duas horas de treino, nos dedicamos a testar alguns componentes e fiquei com pneus usados o tempo todo, enquanto a maioria colocou um segundo jogo de pneus novos. Assim, caí bastante e terminei bem mais atrás”, completa.

Logo após o intervalo de almoço, os pilotos do Campeonato de Fórmula 3 FIA voltaram à pista, agora bastante molhada por uma forte chuva. O brasileiro Felipe Drugovich então esteve sempre posicionado entre os cinco mais rápidos e, quando faltavam 20 minutos, a pista secou por total novamente.

Neste momento Felipe Drugovich – assim como todos os demais competidores – foi aos boxes e voltou com pneus novos para, nos últimos minutos do treino, “cravar” a melhor volta e fechar o dia como o piloto mais rápido.

“Foi um dia muito bom tecnicamente falando. Tivemos oportunidade de testar muita coisa, mas, mais do que isso, conseguimos ser rápidos tanto na chuva quanto no seco”, analisa Felipe Drugovich. “Fechar o dia como o piloto mais rápido é muito bom, mostra que estamos competitivos e que o trabalho conjunto está sendo extremamente positivo”, finaliza.

A segunda série de testes coletivos do Campeonato de Fórmula 3 FIA continua nesta quarta-feira (10) em Barcelona.

Confira o calendário da temporada:
1ª etapa – 10 a 12 de maio – Barcelona (ESP)
2ª etapa – 21 a 23 de junho – Paul Ricard (FRA)
3ª etapa – 28 a 30 de junho – Red Bull Ring (AUT)
4ª etapa – 12 a 14 de julho – Silverstone (ING)
5ª etapa – 2 a 4 de agosto – Hungaroring (HUN)
6ª etapa – 30 de agosto a 1º de setembro – Spa-Francorchamps (BEL)
7ª etapa – 6 a 8 de setembro – Monza (ITA)
8ª etapa – 27 a 29 de setembro – Sochi (RUS)

Texto: Erno Drehmer


Anterior:

Próxima: