GS Racing domina pódio da Master na prova de Curitiba do Mitsubishi Motorsports

Equipe conquistou os três primeiros lugares na categoria mais disputada da competição

O maior campeonato monomarca do Brasil realizou a sua segunda prova do ano no último sábado, dia 6 de abril, em Curitiba (PR) e a GS Racing esteve novamente presente nos lugares mais altos do pódio. Pela categoria Master, dedicada aos competidores mais experientes, a equipe foi muito bem representada nos três primeiros lugares do pódio do Mitsubishi Motorsports. A largada da competição aconteceu no Parque Barigui e reuniu ainda as categorias Graduado, Turismo e Turismo Light.

Depois de enfrentarem 160 quilômetros de percurso, passando pelas cidades de Itaperuçu e Rio Branco do Sul, e encarando um trecho de reflorestamento da Amata, com local para boas médias e pilotagem prazerosa, o piloto Robson Garcia e o navegador Igor Quirrenbach se consagraram os grandes campeões do dia. Em segundo lugar subiram ao pódio o piloto Wander Eduardo de Filho e o navegador Roberto Spessatto. Já o piloto Leandro Pereira Moor (Ximura) e o navegador Rafain Walendowsky conquistaram a terceira colocação em sua primeira prova competindo juntos. “Foi uma prova muito bem medida, com vários tipos de piso, laços e pegadinhas”, comenta Ximura.

O piloto campeão confessou que estava ansioso por essa segunda etapa do Mitsubishi Motorsports, principalmente por ter vencido a primeira prova do ano e ter que trocar de navegador já na segunda etapa devido a uma coincidência de calendário. “Eu estava ansioso e um pouco tenso para esta prova porque precisei procurar outro navegador, mas a possível falta de entrosamento ficou para trás logo no início da prova. O Igor se mostrou na altura de um navegador Master e a prova estava uma delícia! Acredito que foi uma das melhores que já participei, com médias justas, balaios e medição incrível”, afirma Robson.

Agora a responsabilidade aumenta pra a próxima prova, já que Robson contabiliza duas vitórias nas duas primeiras etapas. “Largar na frente foi fundamental, pois não fomos atrapalhados por nada e fizemos uma prova limpa. Agora, cada vez mais líderes, a responsabilidade só aumenta, mas estamos focados no nosso objetivo”, encerra o piloto campeão da Master.

Já Igor ressaltou o resultado, principalmente considerando que foi a primeira vez que a dupla andou junta e com a responsabilidade de manter o carro 001 na frente. “Eu subi para a categoria Master esse ano e, com o resultado do Robson na primeira prova, eu já cheguei com a responsabilidade de brigar pelo título ao lado dele. Mesmo assim, conseguimos nos entrosar rápido, o conjunto piloto, navegador e carro trabalharam em sincronia e veio o resultado. Fui o carro 001 pela primeira vez e não foi fácil achar algumas entradas sem marcas no gramado, mas o desafio deixa a gente ainda mais ligado na prova”, explica Igor.

De acordo com o navegador, a prova de Curitiba foi uma das melhores dos últimos tempos da Mitsubishi Motorsports. “Prova com médias justas, muitos balaios, de ficar tonto de tantos balaios. Foi uma prova bem medida, sem erros, e com lugares novos como o CTG em Campo Magro”, destaca.

A próxima prova do Mitsubishi Motorsports acontece em Salvador (BA) e é válida pelo campeonato da região Nordeste. A cidade de Tiradentes (MG) vai receber a próxima etapa da região Sudeste no dia 18 de maio.

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação


Anterior:

Próxima: