F1: “Tinha de haver uma razão para não seguir essa conta até agora”, Alonso critica Twitter da Fórmula 1

Nesta terça-feira, a Fórmula 1 utilizou sua conta oficial no Twitter para divulgar uma entrevista de Luca di Montezemolo, ex-presidente da Ferrari, e as declarações do ex-mandatário não repercutiram bem para Fernando Alonso.

Na entrevista, Montezemolo diz que o piloto espanhol não era fechado com a equipe como Schumacher e Lauda, e que assim acabava pensando muito mais nele que na escuderia. Alonso, por sua vez, não gostou nem um pouco das declarações, e fez questão de rebater a publicação.

“Tinha de haver uma razão para não seguir essa conta até agora. Hoje vocês me lembram de novo! O presidente nunca disse isso. Especialmente depois de marcar 80% dos pontos para a nossa equipe. Corremos bem juntos, de todo o coração e lutamos até a última corrida por campeonatos”, escreveu.

Fernando Alonso teve uma trajetória de cinco anos na Ferrari e foi vice-campeão mundial de Fórmula 1 em 2010, 2012 e 2013. O espanhol correu a última temporada pela McLaren, e hoje corre pela Toyota no Mundial de Endurance.

Fonte: Gazeta Esportiva


Anterior:

Próxima: