Indy: Herta vê bandeira amarela ajudar e vence em Austin

Colton Herta venceu neste domingo (24) a etapa de Austin da Indy, disputada no Circuito das Américas. O piloto, que fez sua primeira temporada completa na categoria, esteve entre os três primeiros na maior parte da prova, mas assumiu a liderança quando o Safety Car na 44ª volta por conta de um acidente com Felix Rosenqvist, e viu Will Power e Alexander Rossi irem aos boxes – o que o representante da Harding fez em bandeira verde. A partir daí, o piloto abriu vantagem na relargada e seguiu para o triunfo.

A segunda posição ficou com Josef Newgarden, que fez uma corrida apagada, apesar do resultado obtido nesta tarde. O piloto da Penske foi seguido por Ryan Hunter-Reay, representante da Andretti Autosport. Graham Rahal, piloto mais combativo de toda a corrida no Circuito das Américas, foi o quarto com o carro da Rahal Letterman Lanigan, enquanto Sébastien Bourdais, da Dale Coyne, completou a lista dos cinco melhores.

Marco Andretti levou o carro da Andretti-Herta ao sexto lugar ao superar Pato O’Ward nas voltas finais. Quem também passou pelo mexicano da Carlin no final foi Takuma Sato, sétimo com o outro carro da Rahal Letterman Lanigan, relegando o estreante ao oitavo lugar. Alexander Rossi, piloto da Andretti que se colocou na briga pela vitória desde a largada, viu a bandeira amarela o jogar para a nona posição. Jack Harvey, da Meyer Shank, fechou o top-10.

Os brasileiros tiveram desempenhos distintos. Tony Kanaan passou a maior parte da corrida nas últimas posições, mas avançou na parte final da corrida, e terminou com uma boa 12ª colocação com o carro da AJ Foyt. Já Matheus Leist rondou o grupo dos dez melhores por um longo período, mas viu a bandeira amarela o jogar para o fim do grid, e terminou apenas na 17ª colocação.

O principal lance da corrida foi a única bandeira amarela, provocada por Felix Rosenqvist. O sueco, que fez apenas sua segunda corrida na categoria americana, disputava posição com James Hinchcliffe quando tomou um toque do canadense da Schmidt Peterson, e parou no guard-rail interno da pista, na entrada dos boxes, ficando sem condições de retornar à prova.

Principal destaque da prova, Will Power largou da pole position e liderou a corrida por 45 voltas, mas, ao parar nos boxes para trocar os pneus e reabastecer seu Penske, o australiano viu seu carro apagar, e não conseguiu retornar à pista, abandonando a disputa da prova no Circuito das Américas.

A temporada da Indy terá sequência no dia 7 de abril, com a realização do Grande Prêmio do Alabama, prova que acontece no circuito de Barber.

Foto: IndyCar

Leia mais: http://racingonline.com.br/f-indy/indy-herta-ve-bandeira-amarela-ajudar-e-vence-em-austin/


Anterior:

Próxima: