Punições alteram resultado do ePrix de Sanya da Fórmula E

Uma série de punições mudou o resultado do ePrix de Sanya, sexta etapa da temporada da Fórmula E, disputada na madrugada deste sábado (23) no circuito montado nas ruas da cidade localizada no sul da China. Na principal delas, Sébastien Buemi foi considerado culpado no incidente em que se envolveu com Robin Frinjs e Lucas di Grassi, e teve dez segundos acrescidos ao tempo final de prova, caindo para a oitava posição.

Nos minutos finais da corrida, Buemi, piloto da Nissan e.dams, acertou a traseira do carro de Frinjs, que foi empurrado para cima de Di Grassi, que contornava o cotovelo que ligava as duas grandes retas do circuito. O brasileiro da Audi Sport acabou abandonando a corrida, o mesmo que ocorreu com Frinjs, que ainda foi capaz de levar o carro aos boxes. O suíço terminou em sexto na pista, perdendo dois postos após a punição.

LEIA MAIS:
Vergne supera Rowland e vence o ePrix de Sanya de Fórmula E

Outro piloto que sofreu uma punição esportiva foi Edoardo Mortara. O suíço da Venturi não usou o modo ataque duas vezes e recebeu um drive-through que acabou convertido no acréscimo de 16 segundos ao seu tempo final de prova, despencando para a 13ª colocação. Quem se beneficiou disso foi Felipe Massa, companheiro de Mortara na Venturi, que subiu para a décima posição e pontuou pela terceira vez consecutiva na temporada.

Vencedor da prova em Sanya, Jean-Eric Vergne sofreu uma reprimenda por não respeitar uma distância de dez carros atrás do Safety Car. Já o toque entre Oliver Rowland e António Félix da Costa não teve nenhuma ação dos comissários. Lucas di Grassi foi multado em cinco mil euros por sair do carro sem permissão do diretor de provas, Buemi, André Lotterer e Daniel Abt foram multados por excesso de velocidade no Full Course Yellow.

Com as mudanças, o campeonato é liderado por António Félix da Costa, que soma agora 62 pontos, apenas um a mais em relação ao segundo colocado, Jérôme D’Ambrosio, segundo com 61. Jean-Eric Vergne sobe para a terceira posição, agora com 54, mesma pontuação de Sam Bird. Lucas di Grassi e Edoardo Mortara seguem empatados com 52. Felipe Massa é o 15º, com 15, Nelsinho Piquet tem um ponto e é o 20º. Felipe Nasr não pontuou.

A próxima etapa da Fórmula E acontece no dia 14 de abril, em Roma. Veja o novo resultado final do ePrix de Sanya:

1º – Jean-Eric Vergne (FRA/Techeetah) – 1h02min50s185
2º – Oliver Rowland (ING/Nissan e.dams) – a 1s762
3º – António Félix da Costa (POR/BMW Andretti) – a 3s268
4º – André Lotterer (ALE/Techeetah) – a 4s631
5º – Daniel Abt (ALE/Audi Sport) – a 5s972
6º – Jérôme D’Ambrosio (BEL/Mahindra) – a 17s340
7º – Pascal Wehrlein (ALE/Mahindra) – a 18s367
8º – Sébastien Buemi (SUI/Nissan e.dams) – a 19s405
9º – Mitch Evans (NZL/Jaguar) – a 20s646
10º – Felipe Massa (BRA/Venturi) – a 27s739
11º – Oliver Turvey (ING/NIO) – a 31s453
12º – Tom Dillmann (FRA/NIO) – a 32s654
13º – Edoardo Mortara (SUI/Venturi) – a 38s208
14º – Robin Frinjs (HOL/Virgin) – 1 volta
15º – Lucas di Grassi (BRA/Audi Sport) – a 2 voltas

Não completaram
Nelsinho Piquet (BRA/Jaguar)
Alexander Sims (ING/BMW Andretti)
Gary Paffett (ING/HWA)
José María López (ARG/Dragon)
Stoffel Vandoorne (BEL/HWA)
Sam Bird (ING/Virgin)
Felipe Nasr (BRA/Dragon)

Foto: Nissan

Leia mais: http://racingonline.com.br/formula-e/punicoes-alteram-resultado-do-eprix-de-sanya-da-formula-e/


Anterior:

Próxima:
Traduzir »