F1: Gil de Ferran, Diretor da McLaren, se anima com performance de Lando Norris

Lando Norris estreou na Fórmula 1 no GP que abriu a temporada de 2019 e mesmo com apenas 19 anos e sem experiência na categoria, largou em oitavo lugar, perdeu posições e terminou em 12ª, em uma corrida que foi mais do que satisfatória para o diretor da McLaren, Gil de Ferran.

“Ele fez um ótimo trabalho em geral. Ele não errou no final de semana. Muito controle e disciplina, ele alcançou o pico no ritmo da classificação, e na corrida nós fomos infelizes com o Giovinazzi. Além disso, acho que ele conseguiu se virar muito bem e, francamente, guiou como um veterano. Ele teve que atacar e defender durante a corrida, teve que controlar seu ritmo e os pneus e acho que ele fez isso muito bem”, falou ao site Autosport.

Lorris até se mostrou desapontado com algumas decisões que tomou na corrida, mas Ferran saiu em defesa do piloto. “Era o primeiro GP dele. Tenho certeza que se isso acontecer de novo, muitos pensariam que ele poderia passar com mais facilidade. Esse é um dos grandes atributos de Lando, sua capacidade de pensar em sua própria performance e analisar com muito cuidado o que ele está fazendo dentro do carro, suas decisões e assim por diante. Essa capacidade de ser autocrítico e de mente aberta, no meu resumo, é algo que vai servi-lo bem”.

Para finalizar, o chefe do inglês mais uma vez elogiou a estreia de Norris. “Ele certamente não se sentiu fora do lugar. Foi um bom desempenho e foi uma pena que ele não tenha voltado para casa com alguns pontos, o que era total dentro das possibilidades se a corrida tivesse sido um pouco diferente”, completou.

Fonte: Gazeta Esportiva


Anterior:

Próxima:
Traduzir »