F1: Leclerc confirma ordem da Ferrari para não ultrapassar Vettel no fim da corrida

A temporada da Fórmula 1 de 2019 já começou cheia de emoções dentro e fora das pistas. Se dentro delas, na primeira corrida do ano no circuito de Melbourne, na Austrália, a Ferrari não conseguiu repetir o forte ritmo da pré-temporada, fora delas, não faltou polêmica.

A escuderia italiana viu Sebastian Vettel e Chales Leclers terminarem a prova na quarta e quinta colocações, perdendo um lugar no pódio para Max Verstappen, que ficou em terceiro, atrás da dobradinha absoluta da Mercedes. Só que para piorar a situação, a Ferrari deu uma ordem de equipe para impedir que Leclerc, com melhor performance dos pneus nas voltas finais, fizesse a ultrapassagem sobre Vettel.

Após a corrida, o jovem piloto monegasco, que fez sua primeira prova pela nova equipe neste domingo, confirmou a ordem emitida pela Ferrari. “Tinha mais ritmo, mas a equipe nos pediu para guardarmos as posições. Tínhamos mais a perder do que a ganhar, de modo que não reclamo”, pontuou Leclerc em entrevista coletiva.

O monegasco também lamentou o resultado da Ferrari e entende que é preciso reagir o mais rápido possível para não deixar a Mercedes escapar. “Não foi a melhor corrida. Esperávamos mais. Por outro lado, a Austrália é uma pista muito peculiar e não há razão para entrar em pânico agora. Mas precisamos trabalhar porque a Mercedes parece muito forte agora. Acho que nós estamos mais próximos do que mostrou esta corrida”, avaliou.

Fonte: Gazeta Esportiva


Anterior:

Próxima: