Fórmula-E: Sam Bird é punido e Edoardo Mortara vence e-Prix de Hong Kong

O britânico Sam Bird (Virgin) recebeu a bandeira quadriculada em primeiro lugar no tumultuado e-Prix de Hong Kong, quinta etapa da temporada 2018/2019. Contudo após a prova Bird recebeu uma punição de cinco segundos, por um toque que causou um pneu furado no carro do alemão André Lotterer (DS Techeetah) na volta final. E caiu para sexto lugar no geral. O italiano Edoardo Mortara (Venturi) herdou a vitória, a sua primeira, e da equipe, na categoria.

Em uma prova muito acidentada (com vários períodos em Safety-Car e uma bandeira vermelha, de paralisação), Lotterer iniciou as voltas finais na liderança, com Bird logo atrás. Na volta final Bird tocou na traseira de Lotterer, ue teve o pneu traseiro direito furado. O alemão foi se arrastando na pista até o final, terminando na 14ª posição.

Bird recebeu a bandeira quadriculada, mas prevendo uma possível punição, comemorou de forma silenciosa com a equipe. Com a confirmação da punição, Mortara foi declarado o vencedor, seguido pelo brasileiro Lucas di Grassi (Audi Abt) e o holandês Robin Frijns (Virgin).

O alemão Daniel Abt (Audi Abt) terminou em quarto, seguido pelo brasileiro Felipe Massa (Venturi) e Bird.

O neozelandês Mitch Evans (Jaguar), o britanico Gary Paffett (HWA), o britanico Oliver Turvey (NIO) e o portugues Antonio Felix da Costa (BMW Andretti) completaram a zona de pontos.

O britânico Oliver Rowland (Nissan e.dams), que liderou boa parte da prova, teve problemas com o carro e abandonou na 29ª volta, provocando o último Safety-Car. Pole-position o belga Stoffel Vandoorne (HWA) abandonou na 20ª volta.  

A prova foi interrompida em bandeira vermelha devido um múltiplo acidente envolvendo o brasileiro Felipe Nasr (Dragon) e a dupla da Mahindra, o alemão Pascal Wehrlein e o belga Jerome D’Ambrosio.

Bird assumiu a liderança do campeonato com 54 pontos, seguido por D’Ambroosio com 53 e di Grassi e Mortara, empatados com 52.

A próxima etapa acontece no dia 23 de março, o e-Prix de Sanya, na China.

Final:

1 – Edoardo Mortara (Venturi) – Venturi – 36 voltas
2 – Lucas Di Grassi (Audi) – Audi Abt – 36
3 – Robin Frijns (Audi) – Virgin – 36
4 – Daniel Abt (Audi) – Audi Abt – 36
5 – Felipe Massa (Venturi) – Venturi – 36
6 – Sam Bird (Audi) – Virgin – 36
7 – Mitch Evans (Jaguar) – Jaguar – 36
8 – Gary Paffett (Venturi) – HWA – 36
9 – Oliver Turvey (NIO) – NIO – 36
10 – Antonio Felix da Costa (BMW) – BMW Andretti – 36
11 – Jose Maria Lopez (Penske) – Dragon – 36
12 – Tom Dillmann (NIO) – NIO – 36
13 – Jean-Eric Vergne (DS) – DS Techeetah – 36
14 – Andre Lotterer (DS) – DS Techeetah – 36

Volta mais rápida: André Lotterer – 1’02”317

Abandonos

Oliver Rowland (Nissan) – Nissan e.dams – 29 voltas
Stoffel Vandoorne (Venturi) – HWA – 20
Sébastien Buemi (Nissan) – Nissan e.dams – 19
Alexander Sims (BMW) – BMW Andretti – 16
Nelson Piquet (Jaguar) – Jaguar – 1
Jerome D’Ambrosio (Mahindra) – Mahindra – 1
Pascal Wehrlein (Mahindra) – Mahindra – 1
Felipe Nasr (Penske) – Dragon – 1


Anterior:

Próxima: