Rally Dakar: Brasileiros encaram etapa maratona no Rally Dakar

Em quarto lugar na disputa dos UTVs, Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin aceleram com o objetivo de voltar à liderança da categoria; Veículo Can-Am Maverick X3 domina o Top 10 dos UTVs

Após a disputa da terceira etapa do Rally Dakar, realizada nesta quarta-feira (9), os brasileiros Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, atuais campeões entre os UTVs da prova, se preparam para encarar a “etapa maratona” nos próximos dois dias de competição. A dupla da equipe Monster Energy/Can-Am finalizou a jornada entre as cidades de San Juan de Marcona e Arequipa, no Peru, na quinta posição. Em quarto na tabela, de acordo com os resultados extraoficias, o próximo objetivo é acelerar em busca da retomada da liderança, que está com a dupla chilena Francisco Contardo e Álvaro Quintanilla. O dia também foi marcado pelo domínio do veículo Can-Am Maverick X3 nas 10 primeiras posições da categoria para UTVs.

“Tivemos um problema no final da especial de hoje, por isso seguramos o ritmo nos últimos 20 quilômetros para terminar o dia. Apesar disso, continuamos entre os mais rápidos e bastante motivados para a etapa maratona”, afirmou o piloto Reinaldo Varela. 

Sem permitir auxïlio mecânico externo, a primeira perna da etapa maratona será realizada entre as cidades de Arequipa e Tacna, onde os competidores percorrerão 664 quilômetros no terreno desértico peruano (405 deles de trechos cronometrados).

Após a etapa, os veículos ficarão em parque fechado e apenas os competidores poderão fazer a manutenção para o dia seguinte, que inclui o caminho inverso até Arequipa (com 714 quilômetros, sendo 517 de especiais). No sábado (12), está previsto um merecido dia de descanso.

A dupla brasileira está focada em subir degraus na classificação. “Será importante andar com cuidado na etapa maratona, para não ter qualquer problema no caminho, mas vamos acelerar para tirar a diferença das duplas que estão na nossa frente”, disse Varela. 

A disputa se encerrará no dia 17 de janeiro, na capital peruana, após a realização de 10 etapas e 5.600 quilômetros percorridos (sendo 3.096 de especiais). Além de UTVs, a competição, que neste ano será disputada integralmente em território peruano, possui categorias para motos, carros, quadriciclos e caminhões.

Rally Dakar 2019 – Categoria UTVs (SxS)


Resultados da 3ª etapa (extraoficiais)


1 – #358 – Farres Guel / Daniel Carreras (ESP) – 4:35:58 – Can-Am Maverick X3
2 – #360 – Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) – 4:38:01 – Can-Am Maverick X3
3 – #344 – Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) – 4:40:40 – Can-Am Maverick X3
4 – #343 – Casey Currie (EUA) / Rafael Córdoba (ESP) – 4:27:27 – Can-Am Maverick X3
5 – #421 – Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) – 4:50:29 – Can-Am Maverick X3
6 – #340 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 4:51:34 – Can-Am Maverick X3
7 – #412 – Marcos Baumgart / Kleber Cincea (BRA) – 5:03:21 – Can-Am Maverick X3
8 – #372 – Miguel Jordão (POR) / Lourival Roldan Justo (BRA) – 5:07:49 – Can-Am Maverick X3
9 – #398 – Cristian Baumgart / Alberto Andreotti (BRA) – 5:15:39 – Can-Am Maverick X3
10 – #366 – Hernán Garces / Juan Pablo Latrach (CHI) – 5:17:54 – Can-Am Maverick X3


Classificação acumulada após três etapas (extraoficial)


1 – #360 – Francisco Contardo / Álvaro Quintanilla (CHI) – 10:00:28 – Can-Am Maverick X3
2 – #358 – Farres Guel / Daniel Carreras (ESP) – 10:03:52 – Can-Am Maverick X3
3 – #344 – Sergei Kariakin (RUS) / Anton Vlasiuk (LET) – 10:08:34 – Can-Am Maverick X3
4 – #340 – Reinaldo Varela / Gustavo Gugelmin (BRA) – 10:12:53 – Can-Am Maverick X3
5 – #421 – Rodrigo Piazzoli / Jorge Diaz (CHI) – 10:24:08 – Can-Am Maverick X3
6 – #412 – Marcos Baumgart / Kleber Cincea (BRA) – 10:35:33 – Can-Am Maverick X3
7 – #372 – Miguel Jordão (POR) / Lourival Roldan Justo (BRA) – 10:54:10 – Can-Am Maverick X3
8 – #343 – Casey Currie (EUA) / Rafael Córdoba (ESP) – 10:56:31 – Can-Am Maverick X3
9 – #366 – Hernán Garces / Juan Pablo Latrach (CHI) – 10:59:15 – Can-Am Maverick X3
10 – #431 – José Salaverry / Paul Aray (PER) – 11:08:35 – Can-Am Maverick X3

Roteiro do Rally Dakar 2019:

4ª etapa – Quinta-feira (10/1)
Arequipa/Tacna (1º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total – 664 km
Trecho Especial (cronometrado) – 405 km

5ª etapa – Sexta-feira (11/1)
Tacna/Arequipa (2º TRECHO DA ETAPA MARATONA)
Quilometragem total – 714 km
Trecho especial (Cronometrado) – 517 km

Descanso – Sábado (12/1)
Arequipa

6ª etapa – Domingo (13/1)
Arequipa/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 810 km
Trecho Especial (Cronometrado) – 309 km

7ª etapa – Segunda-feira (14/1)
San Juan de Marcona/San Juan de Marcona
Quilometragem total – 387 km
Trecho especial (cronometrado) – 323 km

8ª etapa – Terça-feira (15/1)
San Juan de Marcona/Pisco
Quilometragem total – 575 km 
Trecho especial (cronometrado) – 360 km

9ª etapa – Quarta-feira (16/1)
Pisco/Pisco
Quilometragem total – 409 km
Trecho especial (cronometrado) – 313 km

10ª etapa – Quinta-feira (17/1)
Pisco/Lima
Quilometragem total – 359 km
Trecho especial (cronometrado) -112 km

TOTAL DA PROVA: 5.600 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 3.096 km.


Anterior:

Próxima: