Irmãos Coletta encerram 1ª temporada em carros de turismo com boa performance na Stock Light

Murilo Coletta

Marcel Coletta conquistou um top-10 com a Cimed Racing na prova de encerramento da temporada em Interlagos; Murilo e Matheus Coletta também conquistaram pontos na prova final do ano

A última etapa da Stock Light foi realizada neste domingo e um dos destaques da prova era Marcel Coletta, que vinha na sexta posição até poucas voltas do fim, quando um problema no motor impediu que ele chegasse entre os cinco primeiros. Marcel ainda conseguiu segurar o top-10 com a Cimed Racing, fechando o campeonato também entre os 10 melhores do ano. Entre os novatos, que fazem seu primeiro ano na divisão de base da Stock, Marcel foi o quarto melhor, enquanto Murilo foi o sétimo.

“Toda a estrutura que a Cimed me deu me ajudou bastante a evoluir bem rápido durante o ano na Stock Light e na Porsche. É um ano em que os resultados na tabela não correspondem ao nosso real desempenho, mas sabemos que estamos fazendo um bom trabalho e estamos sempre rápidos. Nosso carro estava bem rápido no final da prova, mas na hora que era para eu ter atacado o quinto colocado, o motor do carro me deixou na mão. Mais uma vez foi muito triste, mas sei que a equipe não tem culpa e sim a fornecedora dos motores”, diz Marcel, que conquistou uma vitória e três pódios na Stock Light em 2018.

Marcel Coletta

Com problemas no motor assim como Marcel, Murilo Coletta também valorizou a experiência em 2018  na sua primeira temporada com carros de turismo e projeta um 2019 com bons resultados.

“A experiência em 2018 foi enorme e estou muito feliz. Espero que ano que vem não tenha esse problema de quebras porque esse ano foi muito difícil na Stock Light. Na Porsche, nós tivemos bons resultados, conseguimos ótimos pódios. Eu amadureci muito durante o meu primeiro ano e isso é o que importa para mim agora no final do campeonato”, diz Murilo, que subiu no pódio em Curitiba e em Goiânia neste ano na Stock Light.

Matheus Coletta

Estreante na Stock Light há duas etapas, no Velo Città, Matheus Coletta terminou a prova em Interlagos no top-15 e manteve a confiança para sua primeira temporada completa na categoria em 2019.

“A largada hoje foi um pouco confusa, perdi algumas posições. Eu estava recuperando, acabei tomando um toque e caí algumas colocações. Mas conseguimos recuperar para chegar no mesmo lugar que largamos, ficamos na zona de pontuação. Não foi o esperado, mas está bom. Temos que lutar mais um pouquinho para conseguir andar no pelotão da frente, está faltando um pouco. Trabalharemos para isso e ano que vem vai acontecer”, diz Matheus.

A Stock Light retornará em abril de 2019.

Confira o resultado final da última prova da Stock Light em 2018:
1 – Guilherme Salas – 31min58seg028
2 – Gabriel Robe – + 1s407
3 – Pietro Rimbano – + 10s972
4 – Pedro Cardoso – + 14s082
5 – Raphael Reis – + 14s689
6 – Gustavo Myasava +15s719
7 – Renan Guerra + 16s263
8 – João Rosate + 22s098
9 – Enzo Bortoleto + 22s335
10 – Marcel Coletta + 23s398

Stock Light – Classificação final do campeonato (top-10):

1- Raphael Reis – 229 pontos

2- Enzo Bortoleto – 181

3- Pedro Cardoso – 178

4- Gabriel Robe – 174

5- João Rosate – 149

6- Gustavo Frigoto – 142

7- Pietro Rimbano – 137

8-  Marco Cozzi – 122

9- Gustavo Myasava – 106

10- Marcel Coletta – 105

Classificação do campeonato de Rookies (Top-10):
1. Enzo Bortoleto, 279 pontos
2. Pedro Cardoso, 258
3. João Rosate, 256
4. Marcel Coletta, 204
5. Vinicius Margiota, 173
6. Erik Mayrink, 168
7. Murilo Coletta, 166
8. Lucas Daleffe, 108
9. Gustavo Bandeira, 107
10. Gabriel Lusquiños, 106

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação


Anterior:

Próxima:
Traduzir »