Dicas para cuidar da sua moto e valorizar suas peças

As motocicletas precisam de manutenção e cuidado para não perder seu valor de mercado.

As motocicletas sentem o peso dos anos tanto quanto nosso corpo. Por isso, é preciso manter sempre em dia a manutenção e as peças, para que ela fique sempre com cara de nova e com o aspecto de bem cuidada. Muitas vezes quando pesquisamos motos usadas para comprar, a primeira coisa que nos encanta ou faz desistir é o visual.

Algumas vezes o motor pode até estar impecável, mas muitos clientes sequer darão uma chance para a motocicleta se ela estiver toda estragada, enferrujada e amassada. As motos sofrem com a ação do tempo e por isso merecem a nossa atenção.

Para deixar sua motocicleta sempre pronta para um passeio de domingo ou para vistoria de um futuro comprador, separamos 10 dicas infalíveis para deixar as peças e a moto sempre com cara de nova e valorizar o seu veículo! Quer evitar os erros mais comuns dos proprietários, então confira esse post até o fim!

Créditos da imagem: Pixabay.com

1. Não deixe passar as revisões
Toda vez que você procura uma moto à venda, a primeira coisa que vai olhar é o manual de revisões para saber se está tudo em dia, não é mesmo? Por isso, pense que a melhor opção para manter a sua motocicleta em bom estado de utilização é seguir à risca as instruções e fazer as trocas necessárias de peça no momento ideal.
Se você segue o programa de revisões, com certeza os problemas relacionados ao desgaste das peças serão minimizados ao máximo, já que todo o sistema estará sempre em perfeito funcionamento.

2. Atenção ao nível de óleo
Assim como nos carros, o óleo é fundamental para o bom funcionamento do motor das motocicletas. Por isso, é importante conferir semanalmente o nível de óleo do motor e se existe algum tipo de vazamento que possa comprometer a lubrificação das peças.
Observe sempre a data de troca do óleo conforme a descrição do fabricante para evitar problemas. O atrito entre as partes móveis do motor pode ser maior caso não haja a quantidade necessária de óleo circulando no componente durante o uso. Por isso, fique atento sempre!

3. Equilibre a relação
A relação da motocicleta da toda a estabilidade o sistema de motor e câmbio por meio da corrente. Por isso, verifique sempre se ela está devidamente ajustada. Se não estiver posicionada de forma correta pode causar um travamento durante o uso e, até mesmo, a queda durante a pilotagem.

Para deixar o cuidado da sua moto sempre em dia, assim você não sofre com uma desvalorização maior do que a gradual na Tabela Fipe, faça sempre uma lubrificação na corrente. Em caso de pilotagem em chuva ou em estrada de terra, faça uma lavagem e depois lubrifique as peças para que esteja sempre em bom estado de conservação.

4. Cuidado com a pressão dos pneus
Manter os pneus sempre calibrados e na pressão correta, de acordo com o modelo da motocicleta, faz com que o veículo esteja sempre em boas condições. A vida útil dos pneus é prolongada e a moto fica sempre com cara de nova quando está sendo bem cuidada.
Mas lembre-se de verificar quais as indicações de pressão do fabricante para não deixar o pneu muito cheio. Isso além de ser feio, visualmente falando, ainda pode causar problemas ao veículo.

5. Limpeza e cuidado com a sua moto
Sempre que você utilizar a motocicleta fora da cidade ou em condição de chuva, o recomendado é que você faça uma limpeza no veículo. Com o tempo, a falta de cuidado pode deixar as peças enferrujadas e com o aspecto de desgaste e envelhecimento.

Para manter a sua motocicleta sempre em dia, lave bem com água e sabão, nas partes de plástico pode usar silicone para dar brilho e nas partes móveis, lustre com o auxílio de cera específica para motos. Afinal, quem não gosta de exibir sua motocicleta sempre brilhando. Isso agrega valor visual e financeiro ao seu veículo.

6. Respeite os limites do seu acelerador
Não saia acelerando a sua moto feito um maluco, isso vai causar desgastes tanto na sua embreagem como no sistema de freios. Mas, além disso, essa atitude aumenta as chances de você se envolver em um acidente e danificar a sua motocicleta.

O seu veículo não se tornará mais ou menos atraem por essas atitudes de exibição de manobras. Para chamar a atenção você pode manter a sua moto sempre brilhando e com as peças em dia, isso valoriza muito mais o seu equipamento.

7. Pastilhas e pneus em dia
Não saia freando bruscamente pelas ruas e, ao mesmo tempo, as acelerações exageradas podem desgastar os pneus e o sistema de freios da sua motocicleta. As pastilhas de freio são projetadas para suportar as frenagens bruscas e fundas, mas se isso ocorre a todo momento, a vida útil reduz consideravelmente.

Além disso, esse tipo de pilotagem aumenta as chances do motociclista se envolver em um acidente, o que não é nada interessante, já que o para-choques da moto é o próprio piloto. Pense nisso antes de sair acelerando e freando. Os pneus e as pastilhas ficam extremamente desgastados com esse tipo de atitude.

8. O combustível precisa ser bom!
Fique sempre atento com o posto que você costuma abastecer o combustível da sua motocicleta. Não exceda o nível indicado para completar o tanque e evite gasolina adulterada, isso pode trazer graves consequência para o motor.

Combustível de má qualidade causa uma aceleração no desgaste das peças e ferrugem dentro do tanque, com isso vários problemas podem aparecer com o passar do tempo. Outro fator é o aumento do consumo, causado pelo funcionamento incorreto das peças ou por combustível adulterado.

Que tal, gostou deste texto com algumas dicas para você cuidar e valorizar as peças da sua motocicleta? Então que tal aproveitar a visita em nosso blog para curtir este post com os seus amigos que gostam de pilotar!


Anterior:

Próxima: