Raphael Reis termina rodada dupla de Curitiba no top5 do campeonato da Stock Light

Após corrida de recuperação, piloto da Shell V-Power volta a marcar pontos importantes ao terminar na sexta colocação

O goiano Raphael Reis teve a sua luta recompensada neste domingo ao terminar a segunda corrida da rodada dupla de Curitiba da Stock Light na sexta posição, mesmo depois de um pit stop prematuro logo no início da corrida.
Com o resultado, o piloto da Shell V-Power chegou a 51 pontos, ocupa a quinta posição na classificação geral e reduziu para apenas 12 pontos a diferença em relação ao líder da tabela.
Após largar em quinto depois da inversão do grid entre os seis primeiros em relação à prova de sábado, Reis teve um contato logo após a largada e saiu da pista. O goiano precisou ir aos boxes para retirar a grama que ficou cobrindo o radiador e caiu para o fim do pelotão.
Como o safety car entrou na pista, Reis conseguiu ao menos ficar próximo ao grupo após a relargada. Com ótimo desempenho na pista, Raphael foi ultrapassando seus adversários até completar a prova em sexto.
O próximo compromisso do piloto será de novo no Paraná, nos dias 5 e 6 de maio, com a rodada dupla de Londrina.
 
O que disse Raphael Reis:
“Sempre temos de pensar no campeonato, chegamos a Curitiba 30 pontos atrás do líder e saímos a 12. Fui o segundo com maior pontuação na etapa. É claro que hoje tivemos de parar, tive um toque na primeira curva e tive de sair onde tinha muita grama, que tampou meu radiador. Mas consegui fazer uma boa prova de recuperação, o carro estava muito equilibrado. Conseguimos a sexta colocação, não era o que queríamos, mas temos de saber lidar da melhor forma com as adversidades”
 
Resultado final:
1º E,Bortoletto – 27m42s5522º L.Milani – a 4s4583º P.Rimbano – a 4s7824º G.Robe – a 6s1585º G.Frigotto – a 6s5966º R.Reis – a 9s267
Campeonato:
1º E.Bortoletto – 63 pontos2º J.Rosate – 623º G.Robe – 594º Ma.Coletta – 545º R.Reis 51
 
Sobre a Raízen:
A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.
 


Anterior:

Próxima: