Stock Car: Squadra G-Force belisca zona de pontuação em sua estreia em Interlagos

A Squadra G-Force, mais novo time na maior categoria do país, escreveu seu primeiro capítulo de uma história que está só começando. Neste sábado (10), em Interlagos, aconteceu a badalada Corrida de Duplas, que marcou o início da temporada 2018 da Stock Car, com algumas surpresas já na largada, onde o tempo mudou e a prova foi interrompida com uma bandeira vermelha para a troca de pneus, colocando os compostos de chuva e para a largada ser realizada com a intervenção do safety car.

Guga Lima, que formou uma dupla de jovens pilotos, com Gustavo Myasava cruzou a linha de chegada na 15ª posição, já Sérgio Jimenez, que tinha o experiente Fabio Carbone como companheiro de equipe foi 17º colocado.

Para o chefe da equipe, Guilherme Ferro, apesar dos carros não terem entrado na zona de pontuação foi um bom começo de trabalho. “Como todo o parto foi dolorido, mas acho que a criança nasceu. Os dois carros terem feito todos os treinos e terminado a corrida é uma meta mais do que satisfatória. Foi uma pena no começo o (Fabio) Carbone ter entrado para box para substituir o para-brisa que embaçou, com isso perdemos tempo, mas depois com pneu seco vimos que estamos competitivos. Agora é baixar poeira, organizar toda a estrutura e partir para a próxima”, analisou Ferro.

O paranaense radicado em Brasília Guga Lima também acha que foi um primeiro passo na construção de um grande trabalho. “Foi positivo, apesar de não termos pontuado, conseguimos fazer uma grande escalada ganhando 18 posições, onde ficamos a três posições da zona de pontuação. O Myasava fez um ótimo trabalho. Nosso carro era muito bom na chuva, só que a pista começou a secar e perdemos um pouco de rendimento, mas acho que se continuasse chovendo íamos dar um trabalhinho. Para uma estreia a equipe foi impecável. Os dois carros acabaram a corrida e tivemos um ritmo muito bom. Foi um começo animador”, destacou Guga.

Já Sérgio Jimenez, acredita em um bom começo, mas salienta que é só o primeiro passo e que tem muito trabalho pela frente. “Esperávamos mais, mas a prova teve de tudo: molhado, seco, muita chuva. Terminamos com os carros inteiros e agora é hora de analisar os dados e buscarmos uma evolução ainda maior”, finalizou o piloto do carro #55.

A prova teve a vitória do atual campeão Daniel Serra, que formou dupla com o brasileiro João Paulo Oliveira, piloto brasileiro que disputa a Super GT, no Japão. A segunda etapa da Stock Car acontece no dia 08 de abril, em Curitiba (PR).

Assentos Esportivos +55

O Assentos Esportivos +55 é um lançamento da Helptech, empresa transformadora de plásticos, que agora lança um produto próprio para o mercado, já que o seu business principal é ser fornecedora para grandes indústrias. O produto é destinado a estádios de futebol, ginásios esportivos, escolas, e qualquer outro ambiente que tenha arquibancadas.


Anterior:

Próxima: