Publicidade


Felipe Bartz sagra-se Campeão Brasileiro de Rotax na 1ª edição do evento, na Granja Viana

Em disputa muito acirrada, paulista de 12 anos conquistou o título na categoria Rotax Junior, e agora, mira título da Copa São Paulo e do Skusa nos Estados Unidos
Em um de seus principais desafios na temporada, Felipe Bartz conquistou no último sábado (16) o título de Campeão Brasileiro de kart Rotax, na primeira edição do evento sob chancela da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O paulista de 12 anos triunfou na categoria Rotax Junior, após um bom desempenho em todas as atividades da semana, no Kartódromo da Granja Viana (SP).

Conhecido também como Festival Brasileiro Rotax, o Campeonato teve um formato diferente, com quatro corridas ao longo do fim de semana. Após estar sempre entre os mais rápidos nos treinos livres, Pipe garantiu o 3º lugar na tomada de tempos, ficando a apenas 0.041s da pole position. As duas corridas classificatórias, na sexta-feira, foram bem movimentadas. Felipe chegou a perder algumas posições no início de ambas, mas fez boas provas de recuperação e terminou as duas em 3º lugar, marcando a melhor volta por duas vezes. Na pré-final, o piloto teve de lidar com problemas elétricos, que fizeram com que seu kart falhasse durante toda a corrida, mas, mesmo assim, conseguiu terminar em 4º lugar.

Felipe BartzA grande decisão foi emocionante, com os quatro primeiros colocados alternando posições o tempo todo, e a liderança mudando de mãos várias vezes. Essa disputa tão acirrada acabou gerando algumas punições para os pilotos, o que influenciou diretamente no resultado final da corrida. A três voltas do fim, Bartz estava em 1º lugar, mas foi tocado por um adversário e caiu para 3º, posição em que cruzou a linha de chegada. Porém, após a bandeirada, os dois primeiros colocados tiveram suas penalizações confirmadas pelos comissários desportivos, e Felipe foi declarado Campeão Brasileiro de Rotax, subindo no degrau mais alto do pódio e comemorando muito a conquista.

Sobrinho de Rubens Barrichello, Felipe Bartz tem se destacado entre os pilotos da nova geração, tanto em competições nacionais quanto internacionais. No ano passado, ele venceu o Epcot Challenge nos Estados Unidos, e com esse resultado garantiu vaga na Final Mundial da Rok Cup, que foi realizada no tradicional circuito de Lonato, na Itália. Essa foi a estreia de Pipe na Europa, onde ele mostrou grande competitividade e chegou a disputar a final, para o qual apenas 34 dos 170 pilotos da categoria Mini-Rok se classificaram. Também em 2016, ele foi vice-campeão do Florida Winter Tour, disputado em três etapas no início do ano, nos Estados Unidos. Já em 2015, Bartz foi Campeão da Copa São Paulo de Kart, na categoria Rotax Micro Max.

Agora, Felipe segue na disputa regular da Copa São Paulo de Kart, que tem mais duas etapas. Ele está liderando o campeonato na categoria Rotax Junior Rookie, destinada aos estreantes, e está em 3º lugar na classificação geral. Felipe tem também um compromisso internacional ainda nesta temporada, correndo no Skusa Supernationals em outubro. Essa é um das mais importantes competições dos Estados Unidos, que reúne cerca de 600 pilotos de todo o mundo e é disputada em um circuito temporário montado em Las Vegas. O piloto vai competir na categoria Mini Swift, pela equipe oficial da fabricante italiana de chassis Kosmic.

Felipe Bartz é patrocinado pela MGS Blindagens e tem o apoio de MG Tires e Fernando Meira Competições.

Felipe Bartz:

“Me preparei muito para esse Campeonato Brasileiro, testei vários chassis e motores diferentes até desenvolvermos o melhor conjunto de equipamento e acabamos andando com um Tony Kart, que se mostrou ser a escolha mais do que certa. As disputas foram muito acirradas e muito divertidas durante todas as provas, especialmente na final. Trocamos de posições várias vezes, e alguns toques foram considerados irregulares pelos comissários, e os pilotos foram punidos. Fiquei muito feliz com a conquista do título no 1º Brasileiro de Rotax, foi uma recompensa incrível para o trabalho de toda a equipe. E isso nos deixa ainda mais motivados para a reta final da temporada, onde ainda estamos brigando pelo título da Copa São Paulo, e também para a disputa do Skusa, nos Estados Unidos”.


Publicidade



Anterior:

Próxima: