Rally dos Sertões: Michel Terpins e Maykel Justo chegam novamente em primeiro na Protótipos T1

Na quinta etapa da 24ª edição do Rally dos Sertões, na qual somente os pilotos e navegadores podem fazer a manutenção de seus veículos – Etapa Maratona -, Michel Terpins, 39 anos, e Maykel Justo, 36 anos (#322) venceram na categoria Protótipos T1. A bordo de um T-Rex, a dupla da Bull Sertões Rally Team completou o percurso entre Luís Eduardo Magalhães/BA até Mateiros/TO (425,67 quilômetros), em de 05h47m16s, tempo este o oitavo da geral do dia. O percurso total desta quinta-feira foi de 461 quilômetros.

Com o resultado, a dupla paulista está em quarto no acumulado da categoria. “Foi até uma surpresa o nosso resultado, porque fui meio conservador, mas nosso desempenho foi muito bom, porque o carro terminou inteiro para amanhã. Não tivemos avarias. Apenas um pneu furado. Bom demais voltar a vencer mais uma etapa neste Sertões, considerado um dos mais difíceis da história dos 24 anos”, conta Terpins que participa da competição pela sétima vez (um ano de moto e o restante de carro)

Bull Sertões Rally TeamSegundo o piloto, esta quinta etapa foi longa, sinuosa, mas ao mesmo tempo gostosa e prazerosa para se pilotar. “Foram trechos de areia pesada no final da Especial, que já deram para sentir bem a região do Jalapão. Tivemos trechos de alta velocidade, na divisa entre Bahia e Tocantins. Dava muita vontade de pisar fundo, mas preferi não abusar e poupar o equipamento.”

No dia anterior, o carro passou por uma revisão minuciosa. “Hoje pilotei com cautela, não quis forçar o carro, porque além de ser Maratona, temos um dia inteiro para andar amanhã e essa noite os mecânicos não poderão fazer a revisão que fazem diariamente”, continua o piloto, vice-líder do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country, na Protótipos T1.

Esta é a terceira etapa que a dupla vence, na categoria, nesta edição. Foram os mais rápidos na primeira e a segunda etapas. Um problema no carro (furou um pistão) os impediu de terminar a terceira etapa e de largar a quarta. “Mas, agora, só pensamos em ir adiante. Retornamos com força total e vencemos. O Jalapão nos aguarda. Mas estamos também com estratégia e concentração”, diz Justo, navegador de Taubaté (SP), que participa da prova pela 10ª vez e já conquistou quatro títulos (caminhões e carros).

Penúltimo dia – Para Terpins, a penúltima etapa será decisiva para definir parte do rali. O sexto dia, entre Mateiros (TO) e Ponte Alta (TO), é considerado decisivo por pilotos e navegadores. Além de ser um dos mais técnicos e difíceis de toda a história será a segunda parte da Maratona. A Especial (514,98 quilômetros) começa travada, em estradas sinuosas e piso arenoso. Segue por trechos de savanas, onde a navegação será primordial. A prova continua por estradas de piçarra e trechos arenosos, já no deserto do Jalapão. Depois do areião, há um trecho de trial e, mais para o final da prova, estradas menores de fazendas até o final.

Equipe com selo “Carbon Free” – Além da vontade de acelerar e brigar pelo pódio durante a maior prova off-road do país, a equipe dos irmãos Michel Terpins e Rodrigo Terpins não deixa de lado o engajamento com ações sociais e o meio ambiente. Novamente o carro #322 recebeu o selo “Carbon Free” da Iniciativa Verde. Isto quer dizer que o CO2 emitido pelo veículo durante as sete etapas serão compensados por meio de plantio de árvores na Mata Atlântica. A organização que é especializada no trabalho de compensação ambiental e realiza o cálculo, seguindo o Protocolo Carbon Free. Este é o segundo ano consecutivo que o time adota a iniciativa. Mais informações sobre no Facebook: @bullsertoesrallyteam e no site www.terpins.com.br.

A equipe Bull Sertões Rally Team conta com patrocínio da 100% Eventos, Xarla, Bull Sertões e apoio da equipe MEM, Motul e Ohlins.

Resultado extra-oficial – 5ª etapa – Categoria Protótipos T1(8/9)
(cinco primeiros)

1 – Michel Terpins/ Maykel Justo – 05h47m16s
2- Pedro Prado/Joaquim Bicudo – 06h05m02s
3 – Paulo Pichini/Paulo Bomba – 06h10m12s
4 – Luis Nacif/ Filipe B. de Oliveira 06h11m13s
5 – Davison Rabecchi/Flavio Marinho – 06h50m34s

Programação Rally dos Sertões 2016

09/09 – Etapa 6
Mateiros (TO) – Ponte Alta (TO) – Total do dia: 498 km
Deslocamento inicial: 0
Trecho especial: 491 km
Deslocamento final: 7 km

10/09 – Etapa 7
Ponte Alta (TO) – Palmas (TO) – Total do dia: 198 km
Deslocamento inicial: 4,6 km
Trecho especial: 192 km
Deslocamento final: 2 km

Informações Gerais:
Distância total – 3.143 quilômetros
Especiais (trechos cronometrados) – 2.341 quilômetros | 74% de especiais – recorde
Prólogo em Goiânia – 3 de setembro | Largada primeira etapa – 4 de setembro
Chegada em Palmas – 10 de setembro


Anterior:

Próxima: