Em fim de semana “de folga”, Fogaça acelerou em Interlagos. Piloto Sorocabano aproveitou a lacuna no calendário da Stock Car para disputar uma etapa da Copa Petrobras de Marcas como convidado da equipe J. Star Racing

Em fim de semana “de folga”, Fogaça acelerou em Interlagos. Piloto Sorocabano aproveitou a lacuna no calendário da Stock Car para disputar uma etapa da Copa Petrobras de Marcas como convidado da equipe J. Star Racing

O programa do fim de semana “de folga” do piloto sorocabano Fábio Fogaça foi acelerar no autódromo de Interlagos, em São Paulo. Como a próxima etapa da Stock Car – categoria onde defende das cores da equipe Schin Racing Team – será apenas no dia 01 de junho, Fogaça disputou no último domingo (25/5) a terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas. A categoria teve em São Paulo uma prova especial, com 50 minutos de duração e os pilotos correndo em dupla.

Fogaça dividiu a pilotagem do Chevrolet Cruze da equipe J. Star Racing com Daniel Kaefer, ao longo de três dias marcados pelo frio e pela chuva na capital paulista. “Foi um fim de semana ótimo, competindo em alto nível e sendo competitivo o tempo todo”, disse Fogaça, que foi o mais rápido dos quatro pilotos da J. Star no treino classificatório. “Dentro da pista, todos que andaram de Cruze tiveram problemas no acerto para a chuva e, para a gente, não foi diferente. Mas fui embora do autódromo completamente satisfeito, porque fiz meu melhor e correspondi às expectativas da equipe”, completou o piloto, que terminou a prova na 13ª posição. A vitória ficou com a dupla formada por Ricardo Maurício e Max Wilson.

Passada a “folga” em alta velocidade, Fábio Fogaça já volta sua concentração para a Stock Car. No próximo fim de semana a categoria viaja para Goiânia (GO), onde faz no próximo domingo a quarta etapa do ano. Será a primeira vez que a categoria corre na capital goiana desde 2001, o que representa uma pista nova para boa parte do grid, inclusive Fogaça.

“Acho que vai ser uma pista nova para 90% do grid da Stock Car. Mas, nesse nível de competição, não conhecer a pista não chega a ser um problema. Em 2012, venci uma etapa da Copa Petrobras de Marcas na primeira vez em que corri em Londrina. Também tive que lidar frequentemente com essa situação quando corri na Argentina. Então, esse não é um fator que me preocupa”, comentou.

Para Fábio, o momento na Stock Car é de reverter a sequência de contratempos que enfrentou nas três primeiras provas do ano, e abrir uma fase de pontos no campeonato. “Essa temporada não tem sido fácil, mas vou para Goiânia com o mesmo empenho e vontade de todas as provas. Sempre que entro em um carro de corrida, é para dar meu máximo. E não vai ser diferente neste fim de semana”.

Os treinos para a quarta etapa da Stock Car 2014 começam na sexta-feira. As duas corridas que compõem a etapa serão disputadas no domingo.


Anterior:

Próxima: