Em Cascavel, Jimenez e Boni buscam manter retrospecto e miram mais pódios. Das 14 corridas que disputaram agora, dupla terminou 12 entre os cinco primeiros e fez mais dois pódios na etapa anterior, em Campo Grande

O Campeonato Brasileiro de GT chega ao sul do Paraná para a disputa de mais uma rodada dupla do calendário, o GP de Cascavel, circuito recém-reformado e que nunca recebeu os carros da categoria dos carros dos sonhos. Por isso, até as máquinas não entrarem na pista, o comportamento dos bólidos segue sendo uma incógnita.

Sérgio Jimenez (GFS Software/MercadoRace/URacer/MG Pneus/Birel) e Paulo Bonifácio saíram de Campo Grande (MS) na última etapa com mais dois pódios no bolso e diminuíram em 36 pontos a diferença para a dupla que lidera o campeonato. Jimenez, que jamais correu no traçado cascavelense, diz que espera um bom desempenho de seu Mercedes SLS AMG GT3.

“Nunca corri em Cascavel, mas é uma pista bem de alta velocidade, e deveremos atingir a maior média horária por volta no ano”, destacou. Durante a prova da Stock Car que aconteceu no circuito, vários carros tiveram que parar nos boxes por causa de problemas com o pneu traseiro direito, que sofre mais forças gravitacionais pela quantidade de curvas rápidas para a esquerda – há apenas uma curva para a direita no traçado. “Talvez isso traga problemas para os pneus, mas a exemplo de Campo Grande, acho que todos irão incluir uma parada para troca de pneus em suas estratégias”, disse.

O SLS AMG GT3 é um carro que se encaixa bem em circuitos de alta velocidade, e por isso Jimenez acredita que ele e Bonifácio poderão apresentar bom desempenho para manter o bom retrospecto da dupla no campeonato: das 14 corridas que disputaram (estiveram fora da etapa inaugural da temporada), eles terminaram 12 entre os cinco primeiros.

“A ideia é centralizar os esforços para estar no pódio nas duas corridas e sempre buscando a vitória. Só assim teremos chances de chegar a São Paulo com possibilidades de lutar pelo título”, concluiu.

Classificação do Campeonato – GT3
1 – Duda Rosa/Cleber Faria – Mercedes-Benz SLS AMG; 163 pontos;
2 – Cacá Bueno/Cláudio Dahruj – BMW Z4 GT3 – 148;
3 – Allam Khodair/Marcelo Hahn – Lamborghini LP600+ – 144;
4 – Renan Guerra/Vanuê Faria – Mercedes-Benz SLS AMG – 130;
5 – Sérgio Jimenez/Paulo Bonifácio – Mercedes SLS AMG – 127;
6 – Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim – Audi R8 LMS – 117;
7 – Cláudio Ricci/Rafael Derani – Ferrari 458 – 112;
8 – Valdeno Brito/Constantino Júnior – BMW Z4 GT3 – 103;
9 – Andersom Toso/Carlos Kray – Lamborghini LP520 – 66;
10 – Felipe Tozzo/Raijan Mascarelo – Ferrari F430 – 62;

SOBRE A ASSOCIAÇÃO RACING
A Associação RACING é uma associação civil sem fins lucrativos cujo objetivo é promover e auxiliar no desenvolvimento de pilotos de competição, além de desenvolver regras e métodos para a prática do kart no Brasil.

Visite o site do piloto: www.sjimenez.com.br


Anterior:

Próxima: