Pane elétrica tira vitória de Pachenki em Cascavel. Piloto cascavelense larga da pole e lidera até parar com problema em instalação do carro número 6

Tudo estava dando certo para o cascavelense Diogo Pachenki no seu retorno à Copa Montana, como convidado pela equipe Nascar Motorsport para disputar a quinta etapa da temporada, no remodelado Autódromo Zilmar Beux de Cascavel. Ele que garantiu a pole-position na tarde de sábado (15) e acelerava para uma vitória diante dos torcedores locais. Contudo, um problema nas instalações elétricas do carro tiraram-no da corrida deste dominog (16), vencida pelo paulista Marco Cozzi, novo líder do campeonato.

Pachenki fez uma largada conservadora e caiu para terceiro na entrada da curva do Bacião, mas com melhor traçado recuperou a liderança logo na aproximação para a segunda curva. A partir daí, abriu uma pequena vantagem, que o manteve tranquilo nas 10 primeiras voltas. Na 11ª volta, na saída do Bacião, o carro do líder parou. Sem poder frear a tempo, João Pretto se aproximou e acabou tocando a traseira do carro do cascavelense, rodando e perdendo a chance de vencer pela segunda vez no ano.

Pachenki fez várias tentativas de religar o carro. Sem sucesso, teve de abandonar, forçando a entrada do carro de segurança à pista para o resgate. “Foi a quebra do fio do MSD, um dos módulos eletrônicos de gerenciamento do motor”, informou o piloto, que correu com o apoio de Grupo Pra Frente Brasil, Portal Veículos, Mion, Inspevel, Martingnoni Bier e Boutique do Sono. “Fico um pouco chateado pela chance de vencer em casa, que era real, mas são coisas de corrida. Só tenho a agradecer o convite da equipe e a torcida de Cascavel que me apoiou com muito carinho”, finalizou, sem confirmar se volta a correr outra etapa – ele negocia seu ingresso na Fórmula Truck.

Marco Cozzi venceu a corrida percorrendo as 31 voltas em 36min12s385m com 1s261 sobre o segundo colocado, Leandro Romera. Tiago Geronimi completou o pódio paulista. A sexta etapa da temporada, no dia 30 de setembro, levará a Copa Montana pela primeira vez ao circuito gaúcho de Tarumã. O resultado da etapa cascavelense foi o seguinte:

1º) Marco Cozzi (SP/Carlos Alves Competições), 36min12s385
2º) Leandro Romera (SP/J. Star Racing), a 1s261
3º) Tiago Geronimi (SP/Hot Car), a 13s147
4º) Fernando Fortes (SP/AMG Motorsport), a 13s348
5º) João Pretto (MT/Carlos Alves Competições), a 26s815
6º) Marcelo Cesquim (PR/Cesquim Racing), a 36s596
7º) Rafael Daniel (SP/Nascar Motorsport), a 50s971
8º) Beto Cavaleiro (SP/Hot Car), a 1min02s521
9º) Tito Morestoni (SC/Motortech), a 2 voltas

NÃO COMPLETARAM
Norberto Gresse Filho (SP/J. Star Racing), a 12 voltas
Diogo Pachenki (PR/Nascar Motorsport), a 23 voltas
Aluízio Coelho (MS/Gramacho Competições), a 28 voltas

DESCLASSIFICADO
Rodrigo Pimenta (SP/Gramacho Competições), atitude antidesportiva
Volta mais rápida: Cozzi, na 26ª, 1min07s551, média de 162,97 km/h


Anterior:

Próxima: