Após dificuldades de ajuste em Atlanta, Paludo espera melhora em Iowa. Gaúcho de Nova Prata perdeu muitas posições no início da corrida, mas se recuperou no fim

Numa prova difícil, o piloto da Turner Motorsports Miguel Paludo (Duroline) terminou a corrida da Jeff Foxworthy’s Grit Chips 200, no Atlanta Motor Speedway, Hampton, Estados Unidos, 14ª etapa da Nascar Truck Series, na 16ª colocação. Sentindo sua picape pouco acertada e bem solta durante praticamente toda corrida, Miguel sofreu com o rendimento ruim de seu truck.

“A picape estava muito traseira durante toda a corrida, deslizando na entrada, no meio e nas saídas de curva quando acelerava. Os ajustes que fizemos durante a prova fez com que isso melhorasse, mas perdemos muita posição de pista na largada, e isso nos prejudicou bastante. Agora é focar nosso pensamento para Iowa”, disse Miguel, que agora soma 411 no campeonato, fazendo-o ocupar a 11ª colocação na temporada.

No início, Miguel Paludo foi atrapalhado pela má largada de Tim George Jr., que o fez perder algumas posições. Na volta 7 de 130, Miguel era o 15º colocado. Neste início, Miguel comentava via rádio que seu truck estava completamente solto e escorregando pela pista. Na 20ª passagem, o gaúcho era o 17º. Miguel manteve-se ali até a primeira bandeira amarela, na volta 30, por detritos na pista.

O piloto da truck #32 aproveitou a interrupção para entrar nos pits, completar o combustível, trocar os pneus e fazer vários ajustes no carro, como na pressão dos pneus e nas barras; Miguel retornou à prova na 21ª colocação.

Na relargada, Ron Hornaday forçou a barra para cima de Tim George Jr., provocando um acidente, que levou ao muro também o piloto Jason White, já que passava no momento. Miguel era o 23º e parava nos boxes novamente para completar o tanque de combustível e colocar uma fita na frente do carro. O brasileiro da Turner sentia o carro bem mais acertado neste momento.

Quando a bandeira verde foi acionada novamente, na volta 44, Paludo era o 22º. Nas voltas seguintes, o piloto do #32 se manteve na região da 20ª colocação, brigando com sua picape. No entorno da volta 80, quando tínhamos 50 voltas para o fim, os pilotos começaram a fazer suas últimas paradas de box. Mas com mais combustível que seus concorrentes, conseguiu ficar na pista por mais tempo, chegando, inclusive, a figurar em terceiro certo momento. Na 94ª volta, fez sua última parada para trocar seus quatro pneus, completar o combustível e fazer mais ajustes nas barras. O gaúcho reportava que estava com um truck bem solto na entrada das curvas.

A prova foi se desenrolando sem bandeiras amarelas, e Paludo caminhando entorno da 21ª colocação, já uma volta atrás. Com 25 voltas, sem toques e interrupções por muitas passagens seguidas, os oficiais resolveram parar a prova para limpar a pista, já que haviam muitos detritos em algumas áreas do traçado.

Relargando na volta do líder, com 21 voltas para o fim e na 18ª colocação, Miguel melhorava no fim da prova. Nas dez voltas finais, Paludo andava lutando pelo top-15 na 16ª colocação, mas manteve-se na mesma até o fim da prova. Ty Dillon foi o vencedor.

Com um fim de semana de folga, a Nascar Truck Series retorna no dia 15 de setembro a Iowa para American Ethanol 200, 15ª prova da temporada. O site www.miguelpaludo.com.br traz mais informações, fotos e vídeos das corridas de Paludo. Para acompanhar notícias em tempo real, siga no twitter @miguelpaludo (o oficial do piloto).

Resultado da Jeff Foxworthy’s Grit Chips 200:
1º) 3 Ty Dillon, (Bass Pro Shops / NRA – Chevrolet), 130 voltas
2º) 18 Kyle Busch, (Dollar General – Toyota), 130
3º) 31 James Buescher, (Central Wire – Chevrolet), 130
4º) 7 Parker Kligerman, (TOYOTA / Red Horse Racing – Toyota), 130
5º) 5 Aric Almirola, (Courtesy – Ford), / Jordan Truck Sales – Ford), 130
6º) 4 Kyle Larson, (Chip Ganassi Racing Teams – Chevrolet), 130
7º) 22 Joey Coulter, (Armour – Chevrolet), 130
8º) 30 Nelson Piquet Jr., (Drink B – Chevrolet), 130
9º) 88 Matt Crafton, (Roto-Rooter / Menards – Toyota), 130
10º) 51 Kurt Busch, (Bill Holt – Chevrolet), Chevrolet 130
11º) 29 Ryan Blaney, (Cooper Standard – Dodge), 130
12º) 13 Johnny Sauter, (Hot Honeys / Curb Records – Toyota), 130
13º) 17 Timothy Peters, (TOYOTA / Red Horse Racing – Toyota), 130
14º) 6 Justin Lofton, (Lofton Cattle – Chevrolet), 130
15º) 33 Cale Gale, (RUUD – Chevrolet), 130 30
16º) 32 Miguel Paludo, (Duroline – Chevrolet), 130
17º) 39 Ryan Sieg, (Pull-A-Part Used Auto Parts – Chevrolet), 130
18º) 81 David Starr, (AdvoCare – Toyota), 130
19º) 09 John Wes Townley, (Zaxby’s – Toyota), 129
20º) 08 Ross Chastain, (Melon 1 / Georgia Watermelon Association – Toyota), 129
21º) 11 Todd Bodine, (Toyota Care – Toyota), 129
22º) 8 Max Gresham, (Made in USA / BugBand.net – Chevrolet), 129
23º) 98 Dakoda Armstrong, (EverFi.com – Toyota), 128
24º) 99 Bryan Silas, (Rockingham Speedway – Ford), 127
25º) 92 Chad McCumbee, (FleetHQ.com / BTS Tire & Wheel / QMI – Chevrolet), 127
26º) 84 Chris Fontaine, (Glenden Enterprises – Chevrolet), 126
27º) 75 Caleb Holman, (Food Country USA / Sunset Farm Foods – Chevrolet), 74 – motor
28º) 2 Tim George Jr., (Applebee’s – Chevrolet), 63 – acidente
29º) 23 Jason White, (GunBroker.com – Ford), 45 – acidente
30º) 9 Ron Hornaday Jr., (AMFMEnergy.com / Anderson’s Maple Syrup – Chevrolet), 43 – acidente
31º) 93 Chris Jones, (RSS Racing – Chevrolet), 25 – transmissão
32º) 07 Johnny Chapman, (Wear Your Gear / BOBBER.info – Toyota), 17 – radiador
33º) 74 Scott Riggs, (Koma Unwind – Chevrolet), 11 – ignição
34º) 27 Stephen Leicht, ( Boggy Creek Air Boat Rides – Chevrolet), 4 motor
35º) 0 Blake Koch, (RameyCars.com / Driven2Honor.org – Ford), 2 superaquecimento
36º) 38 Dennis Setzer, (RSS Racing – Chevrolet), 2 câmbio

Classificação do campeonato:
1º) Timothy Peters, 528
2º) James Buescher, 522 (-6)
3º) Ty Dillon, 519 (-9)
4º) Parker Kligerman, 507 (-21)
5º) Justin Lofton, 497 (-31)
6º) Joey Coulter, 484 (-44)
7º) Matt Crafton, 483 (-45)
8º) Nelson Piquet Jr., 454 (-74)
9º) Ron Hornaday Jr., 436 (-92)
10º) Jason White, 416 (-112)
11º) Miguel Paludo, 411 (-117)


Anterior:

Próxima: