Nelsinho Piquet faz o melhor tempo do dia nos treinos livres em Bristol pela Nascar Truck Series. “Fomos bem rápidos, mas ‘tranquilo’ é um termo arriscado para falar aqui”

Em Bristol, Nelsinho Piquet retomou as coisas do ponto em que ele deixou em Michigan no sábado passado. Depois de protagonizar a primeira vitória de um brasileiro nos circuitos ovais das divisões de elite da Nascar, o Chevrolet Silverado #30 foi o mais rápido do dia nos treinos livres para a corrida desta noite.

Na primeira sessão, o brasileiro cravou 15s767, o melhor tempo do dia (média de 121.697 milhas por hora). No segundo treino livre, ele registrou 15s804 e ficou na vice-liderança a 0s025 do truck #6.

“Fomos bem rápidos, mas ‘tranquilo’ é um termo arriscado para falar aqui. Todos estão bem próximos. Estou otimista para a classificação e para a prova, mas pelo que percebemos nos treinos livres vai ser uma corrida muito disputada”, declarou Nelsinho.

Ele destacou que, a exemplo do que aconteceu nos treinos livres de Michigan, a equipe Turner deixou sua picape bastante tempo na pista. Foram 38 voltas na primeira sessão e mais 70 na segunda, realizada sob forte calor na meia milha mais rápida do mundo.

A definição do grid acontece a partir de 17h35, e a largada para a prova de 200 voltas está marcada para 21h (sempre pelo horário de Brasília). O piloto brasileiro ostenta o melhor desempenho da categoria nas tomadas de tempo nesta temporada, com seis largadas na primeira fila (duas na pole) em 11 treinos realizados. “Aqui é importante sair na frente e ficar na frente para tentar evitar as confusões que normalmente acontecem. Estou confiante que vamos classificar entre os cinco melhores.”

Nesta quarta, o Silverado #30 apresenta uma pintura diferente, com a marca B, linha premium de cachaça com mel e limão como principal patrocinadora. A bebida foi lançada no ano passado por Nelsinho e dois sócios no Brasil e em breve será disponibilizada também no mercado americano.

A pista de Bristol é palco de ótimas recordações para Nelsinho. Em março ele competiu lá pela K&N Pro Series East, última categoria de acesso antes das divisões nacionais da Nascar, e dominou a prova completamente. Cravou a pole e venceu com autoridade. Foi a única vitória de um piloto estrangeiro na história do autódromo, fundado em 1961.

O canal Fox Sports, dono dos direitos de transmissão da Nascar para o Brasil, anuncia a exibição da prova da Truck Series em videotape na madrugada de quarta para quinta, a partir de 1h40. A corrida será reprisada na quinta às 7h30 e na madrugada de quinta para sexta às 3h25.

CLASSIFICAÇÃO NO CAMPEONATO
1. T. Peters 449
2. T. Dillon 449
3. J. Buescher 443
4. J. Lofton 432
5. P. Kligerman 424
6. M. Crafton 413
7. J. Coulter 406
8. N. Piquet Jr 392
9. R. Hornaday Jr 386
10. J. White 371


Anterior:

Próxima: