Classic Velo Cittá – Track Day acontece neste sábado em Mogi-Guaçu. Mais de 50 carros históricos estão inscritos para o Rally de Regularidade, no novíssimo autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP).

O novíssimo autódromo Velo Cittá, em Mogi Guaçu, a 170 km de São Paulo, recebe neste sábado (18/8) parte da história da indústria automobilística mundial, com o glamour de mais de 50 automóveis fabricados entre 1946 e 1982. Será realizado a partir das 9 horas o 1º Classic Velo Città – Track Day, rally de regularidade para carros clássicos.

“Teremos algumas preciosidades que valem a pena ser vistas. Sem desmerecer os Porsches, Ferraris, Volvo, Jaguar, Triumph, etc, teremos a participação de dois Alpine 110 dos três que existem no Brasil, um MG TF 1955 do Totó Porto, um Lotus Elan 73 de competição, o Mitsubishi Lancer 75 do Eduardo Souza Ramos, e muitos outros das décadas de 60 e 70”, exalta Luis Cezar Ramos Pereira, Presidente do MG Club, promotor do evento.

O mais novo autódromo do Brasil, com moderno e técnico traçado com 3.430 metros, fica na Rodovia Adhemar de Barros (SP340), Km 187 (Saída para Nova Louzã), a cerca de 170 km da capital de São Paulo. Será a primeira vez que o circuito homologado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) e com a chancela da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) irá receber uma competição com carros clássicos.

“Todos ficarão impressionados com o nível técnico do circuito e o cuidado despendido para se construir um autódromo de nível internacional. Será uma excelente oportunidade para apreciarmos o que mais gostamos, que são os carros clássicos, e praticarmos o nosso hobby com segurança, entre amigos, e numa bela paisagem”, opina o dirigente.

O MG Club do Brasil organiza há muitos anos passeios e competições com carros clássicos. O último evento promovido foi a 2ª edição do Rallye Internacional Mil Milhas Históricas Brasileiras, no final do mês de junho, que percorreu 1.619 Km em quatro dias, entre os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

DEFINIÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA PROVA
Trata-se de uma prova de resistência (endurance), exatidão e velocidade controlada, onde o tempo individual a ser atingido em cada uma das voltas da prova, a ser definido pelo próprio participante dentro das limitações técnicas de seu veículo e de segurança individual, deverá estar compreendido entre 03min00 (três minutos) e 02min15s (dois minutos e quinze segundos).

A partir das 8 horas serão formadas as três baterias de competidores, de acordo com a ordem de chagada no autódromo. O primeiro grupo terá 15 concorrentes, o segundo com o mesmo número e o terceiro grupo abrigará os restantes inscritos.

Inicialmente os veículos de cada grupo se alinham no grid e largam após a bandeirada. Depois de 3 voltas, o piloto ou co-piloto deverá entrar no Box, preencher uma ficha já pré-assinada e entregá-la ao oficial da prova, indicando o tempo escolhido, entre as três voltas cronometradas que efetuou.

Depois entra novamente na pista para percorrê-la por 10 voltas, tentando repetir a cada passagem a marca escolhida. Após o décimo giro, é obrigatória a entrada no Box. Para fins de apuração, a pior volta é descartada. A tarde será realizada a segunda bateria, novamente em 10 voltas, repetindo o procedimento.

Visite:
www.mgcbr.com.br
www.1000milhashistoricas.blogspot.com


Anterior:

Próxima:
Traduzir »