Christian Fittipaldi volta à pista onde disputou sua primeira corrida. Goiânia recebe a 2ª etapa da Copa Fiat neste final de semana. Pista marcou a estreia de Fittipaldi com monopostos em 1988 na Fórmula Ford

Já se passaram 24 anos, mas parece que foi ontem. Pelo menos para o piloto Christian Fittipaldi. Foi em Goiânia (GO) que ele acelerou pela primeira vez em uma corrida de monopostos.

Após uma carreira vitoriosa no kart, o piloto estreava na Fórmula Ford. Largou e chegou na segunda posição na 1ª etapa da temporada de 1988, realizada no circuito goiano. Era o início da disputa que levou Fittipaldi ao vice-campeonato naquele ano.

De lá pra cá, muitas coisas aconteceram e Fittipaldi passou pelas principais categorias do automobilismo mundial (F-1, Indy, NASCAR, entre outras). E, neste final de semana (dias 7 e 8), o piloto retorna à Goiânia para a disputa da 2ª etapa da Copa Fiat.

“Estou muito feliz por estar voltando à Goiânia, onde tudo começou”, relatou Fittipaldi.

Na 1ª etapa da categoria, em Londrina (PR), no mês passado, Christian subiu ao pódio. Na 1ª e única bateria do dia – a segunda foi adiada – o piloto terminou na 3ª colocação, enquanto seu companheiro Mauri Zaccarelli estreou bem e chegou em 7º lugar. O início de temporada agradou Fittipaldi e aumentou a expectativa para a etapa de Goiânia.

“A 1ª etapa foi muito boa para a nossa equipe e também teve um ótimo resultado para o Mauri, considerando que ele não pilotava um carro de corrida há algum tempo. Estamos bem animados para Goiânia e acho que vai ser uma corrida muito emocionante, principalmente em virtude do tamanho da reta, que vai proporcionar disputas bem interessantes”, disse.

A etapa também marca o retorno do circuito goiano aos eventos de automobilismo. Desde o começo dos anos 2000, a pista não recebe corridas de carro.

“Acho que o público vai prestigiar e gostar bastante da categoria”, acredita. “Eu também gosto do traçado. Ele é simples, mas tem suas particularidades. O asfalto provocava um consumo maior dos pneus, então essa vai ser uma preocupação também nas corridas”, explicou Christian.

Zaccarelli também retorna – O piloto do ABC paulista, Mauri Zaccarelli, também fará seu retorno à pista de Goiânia.

“Eu corri em Goiânia em 1998 ou 1999. Até comentei com o Christian que é como se fosse uma pista nova. Depois de 14 anos, com outro carro, eu estou encarando essa etapa como uma novidade”, declarou.

Mauri fez sua estreia na categoria e na equipe Fittipaldi na 1ª etapa. Sem pilotar um carro de corrida há 12 anos, Zaccarelli conseguiu andar entre os 10 primeiros na etapa inaugural e conquistou um 7º lugar.

“Adquiri mais confiança com os resultados de Londrina. A expectativa é boa para Goiânia, mas sei que é difícil andar entre os 10. Na categoria, tem 10 ou mais profissionais que correm sempre. Enquanto eu estou aqui trabalhando, eles estão disputando GT e Stock Car. Por isso considero um resultado importante ficar entre os 10, mas quero e acredito que tenho condições de ir mais longe”, finalizou o piloto.

Os treinos começam nesta sexta-feira (6) com duas sessões de ensaios extras, das 12 às 13h e das 15h às 16 horas. As duas corridas serão disputadas no domingo (8) e haverá a exibição ao vivo da segunda prova no SporTV e Rede TV!. Todas as atividades também poderão ser acompanhadas em tempo real pela internet: www.brmtv.com.br

Programação para a etapa de Goiânia:

Sábado, dia 7
9h10 às 10h10 – 1º Treino Livre
11h às 12h – 2º Treino Livre
15h às 16h – Treino Classificatório

Domingo, dia 8
10h05 – 1ª Corrida
13h25 – 2ª Corrida

Confira a classificação da Copa Fiat:

1 – Cacá Bueno, 20 pontos
2 – André Bragantini, 14
3 – Christian Fittipaldi, 12
4 – Giuliano Losacco, 10
5 – Wellington Justino, 8
6 – Allam Khodair, 6
7 – Mauri Zaccarelli, 4
8 – Ulisses Silva, 3
9 – Cesinha Bonilha, 2
10 – Edson do Valle, 1


Anterior:

Próxima: