Briga de gaúchos vê surpresa em Londrina. Matheus Castro tira pole do líder Vitor Genz nos últimos minutos do treino oficial

O MINI Challenge viu novamente uma briga emocionante pela pole position durante os treinos oficiais para a quarta rodada tripla, que será realizada neste sábado e domingo (30/6 e 1/7) no Autódromo Ayrton Senna, em Londrina (PR). Quando muitos apostavam na polarização da disputa pela pole entre o líder Vitor Genz e os paulistas Raphael Abbate, José Mário de Castilho e Rodrigo Hanashiro – que já largada do lugar de honra em Londrina na temporada 2010 -, o gaúcho Matheus Castro confirmou a tradição familiar no esporte a motor e garantiu o primeiro lugar no grid, cravando a melhor volta nos minutos finais do treino oficial. Filho do ex-piloto Luis Castro, nome tradicional do automobilismo de pista brasileiro, Matheus também é gaúcho como Genz e possui uma carreira cheia de encontros com o atual rival. Genz, 23 anos, e Matheus, 25, competiram juntos no kartismo e até mesmo dividiram a pilotagem de alguns carros do tipo Turismo. E agora, ao lado dos paulistas José Mário de Castilho e Raphael Abbate, despontam como os principais candidatos ao título 2012 do MINI Challenge.

Fazendo sua primeira corrida em Londrina, Castro divide a pilotagem do MINI S John Cooper Works de número 6 com o catarinense Eduardo Scheer. Ele destacou a importância de largar na pole position neste traçado: “A pista aqui não facilita ultrapassagens e por isso sair na frente é importante na briga por um bom resultado”, resumiu. “É muito importante também por que estou à frente do Genz, que é meu rival direto na briga pela liderança do campeonato. Preciso chegar na frente dele para reduzir a desvantagem na pontuação”, continuou Matheus Castro, que em 2011 já havia conquistado uma pole position, na pista do Velopark. Vitor Genz soma 199 pontos na liderança do torneio, contra 144 de Castilho e 141 de Matheus Castro. Abbate vem logo a seguir, com 134.

No detalhes – Já o líder Vitor Genz, que largará em segundo, não se disse surpreso com o desempenho do conterrâneo. “Ele é um piloto rápido, mas se você olhar com cuidado verá que nossos tempos são muito parecidos. Acho que poderíamos ganhar um pouco de velocidade se trabalhássemos um pouco mais a calibragem dos pneus do meu carro. Mas acredito que os 25 quilos de lastro que levo a mais do que ele também influenciaram o resultado”, comentou o líder, que enfrentou um outro adversário em Londrina: uma febre de 39 graus. “Eu não me sinto muito bem, mas quando entro no carro esqueço disso, acabo não sentindo nada. Talvez na corrida, se eu não melhorar, possa me cansar um pouco mais do que o normal. Mas não credito o resultado de hoje a este problema. Eu sabia que o Matheus estava rápido aqui e que a pole seria decidida nos detalhes, como acabou acontecendo”, argumentou.

Uma atração a parte nesta rodada do MINI Challenge é a estreia do piloto de rali Jean Azevedo. Tendo sua primeira experiência em automobilismo de pista, o pentacampeão do Rally dos Sertões conquistou a todos com a simplicidade e simpatia. E também encarou as dificuldades naturais da nova experiência com muita seriedade. “Isso aqui é um mundo muito diferente do que estou acostumado nos ralis. A técnica é completamente outra, há muitas diferenças”, disse Azevedo. “É tudo novidade, então estou aprendendo bastante. Uma coisa legal é o clima da categoria, todos são amigos e se conhecem há tempos. Mas corrida é corrida e a gente tenta fazer o melhor. Aqui a gente briga por posição em cada detalhe do traçado ou da regulagem do carro. A pista tem seus segredos e estou me acostumando com eles. Os trechos mais difíceis têm sido a Curva da Caixa D’Água e a Zero, que são, na minha opinião, as mais difíceis de fazer”. Azevedo ficou com o 14º lugar em seu grid de estreia no campeonato.

Pela TV – O canal por assinatura BandSports transmite ao vivo a primeira corrida do final de semana, no sábado, a partir das 11h15. As demais etapas serão transmitidas em VT, no sábado a partir das 17h e no domingo às 13h. Na segunda-feira vai ao ar um compacto com os melhores momentos das três corridas, às 17h. Os MINI S John Cooper Works voltam à pista neste fim de semana apenas para a largada das três provas, no sábado às 11h15 e às 15h, e no domingo, às 10h50.

Confira o grid para a primeira prova da rodada tripla em Londrina:
1) Matheus Castro/Eduardo Scheer, 1min23s208
2) Vitor Gens, 1min23s243
3) Raphael Abbate, 1min23s758
4) Plautos Lins, 1min23s837
5) Kreis Júnior, 1min23s862
6) A.Amaral/MWolfart, 1min23s929
7) Raphael Reis, 1min23s946
8) Gabriel Correa, 1min23s984
9) Rodrigo Hanashiro, 1min24s009
10) Cristian Mohr, 1min24s438
11) José Mário de Castilho, 1min24s438
12) José Ricardo Viana, 1min24s585
13) Alexis Vilela/Nelson, 1min24s595
14) Jean Azevedo, 1min24s685
15) André Pedrotti, 1min24s973

Veja a classificação completa do campeonato:
1) Vitor Genz, 199
2) José Mário Castilho, 144
3) Matheus Castro, 141
4) Raphael Abbate, 134
5) Rodrigo Hanashiro, 88
6) Yuri Alves, 74
Cristian Mohr, 74
Eduardo Scheer, 74
9) A. Amaral/M. Wolfart, 68
10) A. Fortunato/W. Freitas, 67
11) Gabriel Correa, 62
12) Kreis Júnior, 47
13) Luis Augusto Alves, 46
14) Rolf Gemperli, 41
15) Oswaldo Scheer, 38
16) Franco Giaffone, 37
17) Eduardo Furlaneto, 29
Plautos Lins, 29
19) Marcos Peixoto, 24
20) Zander Fabio, 21
Leonardo Fortunato, 21
22) Carlos Taurisano, 17
Rafael de Sá, 17

O BMW Group
O BMW Group é um dos fabricantes de automóveis e motocicletas de maior sucesso no mundo com as marcas BMW, MINI, Husqvarna Motorcycles e Rolls-Royce. Como uma empresa global, o BMW Group opera 29 instalações de produção e montagem em 14 países e possui uma rede de vendas presente em mais de 140 países.

Em 2011, o BMW Group vendeu cerca de 1,67 milhões de carros e mais de 113.000 motocicletas em todo o mundo. O lucro sem impostos para o ano financeiro de 2011 foi de 7.38 bilhões de Euros em receitas equivalentes a 68,82 bilhões de Euros. Em 31 de Dezembro de 2011, o BMW Group possuía uma força de trabalho de aproximadamente 100.000 funcionários.

O sucesso do BMW Group é constantemente construído com base em pensamento a longo prazo e ações responsáveis. A empresa estabeleceu, portanto, sustentabilidade ecológica e social ao longo da sua cadeia de valor, abrangente responsabilidade e um claro comprometimento com a conservação de recursos como parte integrante de sua estratégia. Como resultado de seus esforços, o BMW Group foi premiado líder da indústria automotiva de acordo com o Índice Dow Jones de Sustentabilidade pelos últimos sete anos.

Site: www.bmwgroup.com


Anterior:

Próxima: