Cinco pilotos podem sair de Londrina na liderança do campeonato. Valdeno Brito, da equipe Shell Racing, destaca equilíbrio da categoria; em quinto lugar na tabela, ele pode sair como líder da etapa deste domingo, em Londrina

Após 40 dias sem corridas, a Stock Car está de volta às pistas para a disputa da quinta etapa da temporada 2012, que vem sendo marcada pelo forte equilíbrio: os cinco primeiros colocados podem sair da prova de Londrina neste domingo na liderança do campeonato. A vitória na categoria vale 22 pontos, e Valdeno Brito, da equipe Shell Racing, está em quinto na tabela, 19 pontos atrás do primeiro, Daniel Serra.

“O forte equilíbrio sempre foi uma característica da Stock Car, mas, com a nova pontuação desta temporada, temos um campeonato ainda mais disputado. Por isso, cada etapa tem peso importante para quem quer disputar o título. É fundamental vencer corridas, mas também marcar muitos pontos mesmo quando não é possível lutar pelos primeiros lugares”, diz Valdeno, que foi um dos três pilotos que já venceu uma prova em 2012, com a vitória na segunda etapa, em Curitiba (PR).

O piloto da Shell Racing acredita que o time tem plena condições de brigar por mais um lugar no pódio na corrida deste domingo. “Estamos vivendo uma boa fase e a equipe tem me dado um carro competitivo. Quem sabe, podemos repetir o desempenho da outra corrida paranaense deste ano, quando vencemos em Curitiba. Quero me recuperar da prova de Ribeirão Preto, onde não marcamos pontos, para me manter entre os três primeiros no campeonato e chegar em boas condições de disputar o título na última corrida, que tem pontuação dobrada”, diz Valdeno, que em 2008 fez história na Stock Car ao se tornar o primeiro vencedor da Corrida do Milhão, levando como prêmio US$ 1 milhão na corrida disputada no circuito de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro.

O paraibano espera uma corrida movimentada em Londrina, onde o botão de ultrapassagem (“push to pass”) fez a diferença na edição do ano passado, tornando a prova bem movimentada e com muitas disputas na pista. Em 2012, a novidade é que não há mais pit stop para reabastecimento. Esta temporada também marca a estreia da marca Shell na categoria, e todos os carros da Stock Car passaram a utilizar o combustível aditivado Shell V-Power Etanol, fornecido pela Raízen.

“Com o sistema de push to pass, não estamos tendo problemas em fazer ultrapassagens em nenhum circuito, mesmo no de Londrina, que é bem travado. Mesmo não sendo de alta velocidade, eu particularmente gosto de guiar nesta pista, que considero bastante desafiadora”, comentou Valdeno.

Para o piloto da Shell Racing, a etapa deste final de semana tem valor especial. Como não há corridas na Paraíba, seu Estado natal, Londrina é um dos GPs onde Valdeno se sente “correndo em casa”, já que morou seis anos e meio na cidade paranaense.

“Passei boa parte da minha vida com a Stock Car morando em Londrina. Ainda não venci nesta pista, onde já cheguei em segundo lugar na etapa de 2007, então espero lutar pela vitória neste ano. Apesar destes seis anos e meio morando em Londrina, não posso dizer que conheço a pista melhor do que os outros, porque eu não treinava em categorias locais no autódromo e a Stock Car não permite testes particulares”, disse Valdeno.

Os treinos livres da quinta etapa do campeonato serão disputados a partir de sexta-feira. A corrida será no domingo, às 9h30, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Sobre a Raízen

A Raízen é a empresa resultante do processo de integração dos negócios da Shell e Cosan. A empresa está entre as cinco maiores companhias do Brasil em faturamento. Com 24 usinas, a Raízen tem capacidade de produção de 2,2 bilhões de litros de etanol por ano, 4,4 milhões de toneladas de açúcar e têm 900 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana. A Raízen possui 53 terminais de distribuição e comercializará aproximadamente 22 bilhões de litros para os segmentos de transporte e indústria e para a sua rede formada por 4.700 postos de serviço com as marcas Shell e Esso. Por meio da marca Shell, a empresa está presente nas principais categorias do automobilismo mundial, incluindo a Fórmula 1. No Brasil, a Raízen anunciou a entrada da Shell na Stock Car e o fornecimento de etanol para todos as equipes da prova.

Classificação após quatro provas:

1) Daniel Serra – Red Bull – 69
2) Cacá Bueno – Red Bull – 64
3) Ricardo Mauricio – Eurofarma – 59
4) Atila Abreu – Mobil Super Pioneer Racing – 52
5) Valdeno Brito – Shell Racing – 50
6) Julio Campos – Carlos Alves – 44
7) Nono Figueiredo – Mobil Super Pioneer Racing – 44
8) Marcos Gomes – Medley – 42
9) Max Wilson – Eurofarma – 39
10) Thiago Camilo – RCM – 35
11) Denis Navarro- Neo Química Vogel – 34
12) Luciano Burti – Itaipava – 34
13) David Muffato – Itaipava – 30
14) Galid Osman – BMC – 29
15) Lico Kaesemodel – RCM – 29
16) Diego Nunes – Hot Car – 29
17) Rodrigo Sperafico – Mico´s – 21
18) Allam Khodair – Vogel – 20
19) Xandinho Negrão – Medley – 19
20) Ricardo Zonta – RZ – 17
21) Antonio Pizzonia – JF Racing – 14
22) Vitor Meira – Officer ProGP – 13
23) Ricardo Sperafico – Mico´s – 10
24) Eduardo Leite – Hot Car – 9
25) Felipe Maluhy – Bassani Racing – 9
26) Alceu Feldmann – Shell Racing – 9
27) Giuliano Losacco – Bassani Racing – 7
28) Pedro Boesel – JF Racing – 7
29) Duda Pamplona – 6
30) Tuka Rocha – BMC – 5
31) Popo Bueno – RZ – 3

PROGRAMAÇÃO DA STOCK CAR

SEXTA-FEIRA – 29 DE JUNHO
10h00 – 10h40, 1º Treino Livre / Máx. 20 voltas – 1º Grupo
10h50 – 11h30, 1º Treino Livre / Máx. 20 voltas – 2º Grupo
14h40 – 15h20, 2º Treino Livre / Máx. 20 voltas – 1º Grupo
15h30 – 16h10, 2º Treino Livre / Máx. 20 voltas – 2º Grupo

SÁBADO – 30 DE JUNHO
12h10 – 13h00, Classificação

DOMINGO – 01 DE JULHO
09h35 – 10h15, Quinta etapa da Stock Car 2012


Anterior:

Próxima: